Ex faz outra séria acusação contra astro de Me Chame Pelo Seu Nome

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As acusações contra Armie Hammer, de Me Chame Pelo Seu Nome, continuam. Dessa vez sua ex-namorada alegou que o astro espalhou fotos dela sem seu consentimento.

No Twitter, a modelo Paige Lorenze disse que Hammer divulgou fotos dela amarrada sem que ela soubesse.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Compartilhar fotos minhas que eu nem sabia que existiam sem a minha permissão ou meu conhecimento. Repulsivo, abusivo e completamente inaceitável”, escreveu a modelo de 22 anos.

Lorenze e Armie Hammer namoraram entre agosto e dezembro de 2020. Ela chegou a acusar, anteriormente, o astro de Me Chame Pelo seu Nome de ter cravado a letra A na sua virilha, usando uma faca.

“Ainda é possível ver. Foi extremamente doloroso e traumatizante. Ele me disse depois que havia contado para os amigos dele”, disse Lorenze sobre a mutilação feita em sua pele por Armie Hammer.

Tais acusações vêm após Armie Hammer ser acusado de abuso sexual e canibalismo.

Veja o tuite original de Paige Lorenze, abaixo.

Acusações viram caso de polícia

Hollywood começou a se atentar à vida pessoal de Armie Hammer, conhecido por Me Chame pelo Seu Nome. Tudo mudou quando supostas mensagens do ator foram vazadas.

Elas indicavam que a pessoa que as escreveu possui desejos sexuais envolvendo estupro e canibalismo. Uma ex até alega que a conversa realmente é de Armie Hammer – o que o famoso nega.

Agora, porém, outra polêmica do galã de Me Chame pelo Seu Nome virou caso de polícia. Armie Hammer foi interrogado pela polícia das Ilhas Cayman.

O ator possui uma conta privada no Instagram e a usou para publicar um vídeo de uma mulher amarrada. A legenda também acabou gerando polêmica.

O famoso de Me Chame pelo Seu Nome foi ao local para visitar os filhos que moram lá com a ex, Elizabeth Chambers.

“Então vou precisar voltar para Cayman, o que é uma droga. Mas tem algumas vantagens. Como f***r a Miss Cayman outra vez enquanto estiver por lá”, escreveu o artista, como revelou o New York Post.

As autoridades afirmaram que conversaram com o suspeito e o “alertaram” sobre a “publicação sugestiva”. Porém, não informaram a identidade da pessoa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio