Naqueles momentos de Kramer vs. Kramer, quando parecia que Ted (Dustin Hoffman) e Joanna (Meryl Streep) não tinham chance de se reconciliar, é possível que não houvesse muita atuação acontecendo.

Acontece que Hoffman e Streep tinham uma relação difícil no set, que Streep atribuiu ao comportamento insensível de Hoffman nos bastidores.

A rivalidade entre os dois continua hoje – mas o que aconteceu quando as câmeras foram desligadas que causou um relacionamento tão ruim entre as duas estrelas?


Péssimo clima no set

Nos anos após as filmagens, Meryl Streep revelou como era realmente trabalhar ao lado de Hoffman – e ela não tinha muito a dizer.

Streep começou a falar sobre uma cena durante a qual o personagem de Hoffman deveria dar um tapa na personagem de Streep, embora o tapa fosse para ser falso – mas Hoffman fez mesmo assim.

E Streep disse que ele ultrapassou os limites. “Você vê o tapa no filme”, disse ela ao New York Times em 2018.

“Foi exagero.”

O Telegraph também relatou que Hoffman gritou com Meryl Streep depois de assistir a uma cena de que não gostou, dizendo que ela precisava “parar de carregar a bandeira do feminismo e apenas representar a cena”.

Hoffman também provocou Meryl Streep sobre seu falecido namorado, John Cazale, que morreu dois anos antes, de acordo com a Vanity Fair.

Mesmo hoje, os dois ainda não gostam de trabalhar juntos.