Atriz de O Tigre Branco revela absurdo conselho de diretor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Priyanka Chopra, de O Tigre Branco, ganhou o Miss Mundo em 2000, mas isso não impediu que um diretor desse a ela um conselho absurdo acerca de sua aparência.

Depois de ganhar o concurso de beleza em 2000, Chopra embarcou na sua carreira como atriz. A primeira pessoa quem ela conheceu da indústria sugeriu que ela deveria colocar silicone nos seios.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Depois de alguns minutos jogando conversa fora, o diretor/ produtor disse para eu me levantar e girar na sua frente. Eu fiz isso. Ele ficou me encarando, analisando, e sugeriu que eu deveria colocar silicone nos seios e na bunda, além de consertar minha mandíbula”, escreveu Chopra em sua autobiografia ainda não finalizada, divulgada por Rishma Dosani, do Metro UK.

“Ele disse que se eu quisesse ser atriz, eu teria de ‘consertar’ minhas proporções e ele conhecia um ótimo médico em Los Angeles para fazer isso. Meu agente na época concordou com a visão do diretor”, continuou a atriz de O Tigre Branco, da Netflix.

Priyanka Chopra disse que saiu do local incrédula e sentindo-se pequena, em dúvida sobre o que tinha escutado. Felizmente ela não seguiu o conselho do diretor e demitiu seu agente pouco após.

“Isso é algo tão normalizado que não aparece em conversas”, disse a atriz sobre tais ‘sugestões’ impróprias acerca do corpo das mulheres.

Comparado a Parasita

O mais recente filme da Netflix, O Tigre Branco, está sendo comparado ao ganhador do Oscar de Melhor Filme, Parasita.

Baseado no livro de 2008, de Aravind Adiga, O Tigre Branco traz um olhar sobre a classe alta da sociedade sob o ponto de vista de um funcionário de classe baixa.

O filme da Netflix conta a história de Balram, um jovem que trabalhava em uma loja de chá em Dhanbad, na Índia, e acaba se tornando o motorista de um homem chamado Ashok, filho de um magnata corrupto.

Em sua jornada, ele tem dificuldades em ser tratado como servo ou escravo pela família rica e em dado momento precisa admitir culpa por um assassinato que ele não cometeu.

Conforme Jessica Lachenal, do Bustle, O Tigre Branco segue fielmente a história do livro original

Toda a situação vai escalando e ficando cada vez mais insustentável, similarmente ao que vemos em Parasita. Mas não entraremos em mais detalhes para evitar spoilers.

O Tigre Branco já está disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio