Publicidade

Robert Pattinson foi enganado para estrelar Crepúsculo

Publicado por Victor Carvalho

19/02/2021 08:00

O grande público conheceu Robert Pattinson em Harry Potter e o Cálice de Fogo, no qual interpretou Cedrico Diggory.

No entanto, foi alguns anos depois que o ator se tornou mundialmente famoso. Foi graças ao seu papel como Edward Cullen em Crepúsculo.

Por anos, Robert Pattinson deixou claro que tinha suas reclamações quanto a Crepúsculo.

Mas uma coisa pode passar pela cabeça dos fãs. Se ele conhecia a história, por que aceitou interpretou Edward em primeiro lugar?

Em uma entrevista com Jennifer Lopez para a Actors on Actors, da Variety, em 2019, o ator brincou que foi “enganado” para estrelar Crepúsculo.

Enganado pela abordagem

Robert Pattinson conhecia o trabalho de Catherine Hardwicke, diretora de Crepúsculo, no cinema independente. Ele pensava que o longa-metragem seguiria a mesma linha.

Crepúsculo não era uma coisa realmente tão estabelecida.”

“Catherine Hardwicke tinha feito Aos Treze e Os Reis de Dogtown. Eram filmes menores, mas realmente intensos.”

“Kristen Stewart também tinha trabalhado em coisas assim, como Na Natureza Selvagem, portanto tudo parecia muito independente.”

Pattinson acreditava que, apesar de os livros de Crepúsculo serem de romance, os filmes teriam um lado mais voltado pro terror, como Os Garotos Perdidos. Claramente, não foi o que aconteceu.

Crepúsculo tinha uma história estranha, e também é estranho como as pessoas responderam a isso.”

“Os livros são românticos, mas não tão românticos quanto Diário de uma Paixão. Sempre achei que era uma história bizarra, o que deixei claro até mesmo quando tive que promover a franquia.”

No Brasil, os filmes de Crepúsculo, com Robert Pattinson como Edward Cullen, estão agora disponíveis na Netflix.

Publicidade