Demi Lovato diz que perdeu virgindade “em estupro”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Demi Lovato diz que um de seus ex-namorados tirou sua virgindade ao estuprá-la – e que ele nunca enfrentou quaisquer consequências.

A cantora de “No Promises” lembra que, como muitas vítimas, ela acabou se culpando pelo ataque, enquanto seu suposto estuprador continuava com sua vida como se nada tivesse acontecido.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Minha história no #MeToo é eu contando a alguém que alguém fez isso comigo e nunca teve problemas por isso”, diz Lovato em sua nova série documental no YouTube, Dancing With the Devil, que estreia em 23 de março.

“Ele nunca foi tirado do filme em que estava.”

Lovato – que também alegou em seu programa que um traficante de drogas a agrediu sexualmente enquanto ela teve uma overdose – ligou para seu então namorado como uma “encenação de trauma de livro didático” um mês após o estupro para “estar no controle”.

Chocantes revelações

Ela diz que essa má decisão a fez se sentir pior.

Demi Lovato, de 28 anos, acabou se culpando pelo estupro porque ela continuou a ficar com seu ex, embora ela diga que nunca consentiu em fazer sexo com ele.

Na época, que parece ser durante a era de Camp Rock de 2008, ela também fazia parte da turma do “anel da pureza” do Disney Channel que estava “esperando” pelo casamento.

Como resultado, a cantora de “Still Have Me” sentiu vergonha do que aconteceu com seu ex, a quem ela não cita o nome, e começou a lidar com a automutilação.

Demi Lovato, que tem sido franca sobre suas lutas por distúrbios alimentares, diz que sua bulimia estava pior do que nunca e ela estava se cortando.

“Comecei a vomitar sangue pela primeira vez”, diz ela.

Demi Lovato: Dancing with the Devil estreia no YouTube em 23 de março.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio