Filho revela “melhor conselho” de Michael Jackson e emociona

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Prince, o filho mais velho de Michael Jackson, fez uma aparição no programa The Mix. Como é de costume, fãs e apresentadores quiseram saber mais sobre o Rei do Pop.

Na conversa, o jovem decidiu contar sobre um conselho que ouvia do pai. Os apresentadores do programa ficaram emocionados após a declaração.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Prince lembrou que “há vários ensinamentos”. Mas, há um que é “o melhor e o principal para ele.

“Há tantos perto do meu coração que sinto que posso usar sempre. Mas, aquele que é meu guia é, ‘Nunca pare de aprender’. Eu me formei, mas nunca deixei de estudar. E meu pai diria alguma coisa como, ‘O momento em que você para de aprender é o momento em que você começa a morrer’”, declarou Prince.

Ao contrário da irmã Paris, Prince não é ligado ao mundo do entretenimento. Porém, o filho de Michael Jackson ajuda na carreira musical dela.

No programa, o jovem comentou sobre como foi dirigir o clipe de Your Look (Glorious), de Paris Jackson.

“Quando estávamos montando esse projeto e essa era uma das primeiras músicas… é difícil você ficar vulnerável e quando eu vi ela cantando, sabia que era isso que ela precisava fazer”, contou Prince.

Astro do rock tinha pena de Michael Jackson

Kurt Cobain era declaradamente fã de Michael Jackson e chegou a usar camisetas com o rosto do Rei do Pop em shows. Na época que as alegações de abuso infantil começaram a ser feitas contra Jackson, ele defendeu o cantor.

O vocalista do Nirvana chegou a ser perguntado qual a sua opinião sobre as alegações feitas contra Michael Jackson.

“Acho que são ridículas. É uma perda de tempo”, respondeu o astro, segundo Callum Crumlish, do Express.

Na época, Michael Jackson estava fora do país e Kurt Cobain comentou sobre esse fato.

“Ele não é um fugitivo. Então, qual é o problema? Ele tem todo o direito de estar ausente até então”.

Sobre reconstruir a imagem pública de Michael Jackson, o vocalista do Nirvana disse:

“Não importaria se ele voltasse à Oprah e chorasse na frente de todos. Não vai mudar a opinião de ninguém sobre isso”, disse Cobain. “Eu sinto pena dele”.

Michael Jackson faleceu em 2009 aos 50 anos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio