Pai revela as últimas palavras de Heath Ledger, eterno Coringa

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O mundo ficou em choque em janeiro de 2008 quando Heath Ledger foi encontrado morto em seu apartamento.

O ator, que ficaria eternamente conhecido por seu papel como Coringa em Batman: O Cavaleiro das Trevas, teve uma overdose de remédios. Ele tinha apenas 28 anos quando morreu.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em uma entrevista dada ao Daily Mail Australia, o pai do ator, Kim Ledger, contou detalhes de sua morte.

De acordo com o empresário, Heath Ledger tinha acabado de ter uma conversa com a irmã, Kate, sobre remédios controlados. O conselho dela era que misturá-los não era uma boa ideia.

As últimas palavras do intérprete do Coringa foram: “Kate, Kate, eu vou ficar bem!”

“Em sua última conversa com Kate, eles tiveram uma discussão sobre os medicamentos. Ela aconselhou que ele não podia misturar remédios que nem mesmo conhecia.”

O pai do ator acrescentou: “A morte foi totalmente culpa dele, de mais ninguém.”

“Ele foi atrás desses medicamentos. Ele os colocou em seu sistema, o que é difícil de aceitar, porque eu o amava muito e tinha muito orgulho dele.”

Morte precoce

O pai de Heath Ledger contou ainda que o ator vinha trabalhando muito, sem poder parar.

“Heath viajava muito e não conseguia ir ao médico. Era tanta pressão para fazer as coisas que o próprio corpo dizia: ‘Tome esses comprimidos para a dor e vá em frente.’”

“Foi o que aconteceu com Heath, ele filmava de noite e tinha que voltar ao set no dia seguinte.”

“Ele vivia tossindo. Mas dizia para si mesmo que estava melhor porque queria terminar o filme.”

No momento em que morreu, Heath Ledger já tinha concluído seu trabalho como Coringa em Batman: O Cavaleiro das Trevas, mas acabou nunca tendo a chance de ver seu próprio desempenho.

Batman: O Cavaleiro das Trevas, com Heath Ledger, está agora disponível na Netflix. O filme foi dirigido por Christopher Nolan.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio