Após Grey’s Anatomy, ator não é mais escalado em Hollywood

Isaiah Washington teve dificuldade para encontrar grandes papéis após suas controvérsias no set da série

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Grey’s Anatomy produziu muitas estrelas durante sua jornada memorável, mas um ator se tornou persona non grata depois de se tornar um dos melhores cirurgiões de Seattle.

Quando o drama médico de Shonda Rhimes foi lançado como substituto no meio da temporada em 2005, já havia montado um elenco incrível, incluindo Patrick Dempsey, Ellen Pompeo, Sandra Oh, Katherine Heigl e Isaiah Washington, para representar os cirurgiões atendentes e residentes do prestigiado Seattle Grace Hospital.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao lado do Dr. Derek Shepherd de Dempsey, chefe da neurocirurgia, e das estagiárias Cristina Yang (Oh), Meredith Gray (Pompeo) e Izzie Stevens (Heigl), Washington interpretou o extraordinário cirurgião cardíaco Dr. Preston Burke, um cirurgião extremamente talentoso que dirigiu o departamento cardiotorácico do hospital.

No início da primeira temporada, Burke começa um romance com Cristina, apesar do fato de que os atendentes são desencorajados a namorar residentes. Mesmo assim, acabam divulgando seu relacionamento depois que Cristina engravida e perde o bebê.

Na terceira temporada, depois de passar por um período angustiante em que, após um tiroteio, Burke tem problemas para realizar uma cirurgia – e secretamente convoca Cristina para fazer procedimentos avançados em seu lugar -, os dois ficam noivos, planejando um elaborado casamento na igreja.

No entanto, em uma reviravolta chocante no final da terceira temporada, Burke deixa Cristina no altar, cancelando o casamento quando Washington sai permanentemente do seriado.

Então, por que Washington saiu de Grey’s Anatomy enquanto ele ainda era tão popular, e por que ele teve problemas para conseguir papéis desde então?

Acontece que há muito drama nos bastidores. Aqui está por que Hollywood não vai mais escalar Isaiah Washington depois de seu tempo em Grey’s Anatomy.

Drama nos bastidores

De acordo com relatos (via Looper), durante uma discussão no set com Dempsey e o colega de elenco T.R. Knight – que interpretou o estagiário George O’Malley – em 2006, durante o processo de filmagem da terceira temporada, Washington lançou uma ofensa homofóbica contra Knight (embora mais tarde ele tenha afirmado que foi dirigida a Dempsey).

Pouco depois, Knight anunciou publicamente que era homossexual, tornando as palavras de Washington ainda piores.

No início, parecia que seria possível para Washington fazer as pazes… até que ele criou uma cova mais profunda para si mesmo no Globo de Ouro em janeiro de 2007, onde usou a ofensa novamente e fez comentários depreciativos sobre “desejar” que ele poderia ser “gay”.

Em pouco tempo, a ABC anunciou que encerraria o contrato de Washington, levando a uma declaração amarga do ator.

Apesar desse drama, Washington finalmente reapareceu brevemente em Grey’s Anatomy como parte do arco final de Sandra Oh antes de ela deixar a série em 2014, e desempenhou um papel importante em The 100 naquele mesmo ano como Thelonious Jaha antes de sair em 2018.

No entanto, ele realmente não reservou muitos papéis desde Grey’s Anatomy, e certamente não algo tão alto quanto isso.

Para tornar tudo muito mais estranho, ele claramente ainda está pensando sobre isso, tuitando sobre sua briga com a ex-colega de elenco Katherine Heigl – que não é estranha ao drama fora das telas – recentemente, em 2020.

No Brasil, Grey’s Anatomy é exibida no Sony Channel. Também está disponível no catálogo de serviços de streaming como Netflix, Amazon Prime Video e Globoplay.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio