Ator de Família Soprano morre aos 64 anos

Joseph Siravo interpretou o pai de Tony Soprano na icônica série da HBO

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Joseph Siravo faleceu aos 64 anos após batalha contra o câncer. Ele é mais conhecido por ter interpretado o pai de Tony Soprano em Família Soprano, icônica série da HBO.

A notícia da morte de Siravo foi confirmada pelo ator Garry Pastore. Ele publicou uma homenagem no Instagram ao falecido amigo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Descanse em paz, meu querido amigo, que lutou uma luta incrível. Vou sentir saudades. Vejo você do outro lado”, escreveu Pastore na rede social.

Outro colega da série da HBO também lamentou o falecimento do astro. Michael Imperioli, o Christopher Moltisanti de Família Soprano, que também apareceu em Lúcifer da Netflix, escreveu:

“Joe era um excelente ator e um cara maravilhoso, e sua falta será muito sentida”, disse Michael Imperioli no Instagram. “Seu desempenho como Johnny Boy Soprano foi perfeito e ele também fez um John Gotti perfeito em The Wannabe de Nick Sandow. Na minha opinião, ele foi o melhor de todos os atores que interpretaram o Teflon Don”.

Joseph Siravo apareceu em flashbacks dos anos 1960 em Família Soprano. Ele também é famoso por ter interpretado Fred Goldman em The People v. O.J. Simpson: American Crime Story.

Veja a publicação no Instagram de Garry Pastore e uma foto de Siravo em Família Soprano, abaixo.

De Família Soprano à Broadway

Outros trabalhos dele na televisão incluem For Life, The Blacklist e Law and Order. Ele também estrelou O Pagamento Final, com Al Pacino.

Nascido e criado em Washington D.C., o ator estudou na Tisch School of the Arts, da Universidade de Nova York (NYU). Depois disso ele trabalhou no teatro, em produção fora da Broadway.

Ele realizou mais de 2 mil performances como Gyp De Carlo em Jersey Boys, de 2006 em diante. Outros trabalhos seus na Broadway incluem produções ganhadoras do Tony de Oslo e The Light in the Piazza.

O astro de Família Soprano lecionou em vários programas para atores em Nova York. Ele acabou se juntando aos professores de atuação da NYU.

Seus trabalhos mais recentes foram na já citada série For Life, da ABC, e no bem recebido filme O Relatório, no qual contracenou com Adam Driver.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio