Titanic transformou Leonardo DiCaprio em rebelde; veja por quê

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Titanic catapultou a carreira de Leonardo DiCaprio ao estrelato – o sucesso do filme o transformou em um dos maiores astros de Hollywood. O ator revelou como lidou com toda essa fama imediata.

DiCaprio disse que teve uma atitude rebelde em relação à sua fama, recusando-se a ficar escondido dos fãs.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Não vou ser um eremita. Essa foi definitivamente uma atitude rebelde que eu tive em relação a tudo isso”, disse o ator em entrevista a Chris Mundy, da Rolling Stone. “Só porque você está nesta posição, você não vai parar de fazer o que normalmente faz”.

Ao ser perguntado sobre sair de noite com os amigos, o ator de Titanic prontamente respondeu:

“Com certeza sim. Saio com meus amigos sempre que quero ”, disse Leonardo DiCaprio.

Atriz de Titanic diz que Hollywood obriga atores a esconderem sexualidade

Hollywood pode estar aumentando a representatividade nas telonas, com cada vez mais personagens LGBTQIA+ em destaque. Apesar disso, a homofobia nos bastidores ainda é constante, conforme revelou Kate Winslet, de Titanic.

A intérprete de Rose no filme de James Cameron contou sobre como atores precisam esconder suas sexualidades nessa indústria.

“Eu não posso te dizer o número de jovens atores que eu conheço – alguns bem conhecidos, alguns começando – que estão com medo de que sua sexualidade seja revelada e que isso os impeça de serem escalados para papéis heterossexuais. Isso é fod*”, disse Kate Winslet em entrevista a Jonathan Dean, do The Sunday Times.

“Estou lhe dizendo, um ator famoso acaba de contratar um agente americano e o agente disse: ‘Eu entendo que você é bissexual. Eu não divulgaria isso’”, revelou Winslet. “Eu posso pensar em pelo menos quatro atores escondendo sua sexualidade de forma absoluta. É doloroso. Porque eles temem ser descobertos. E é o que eles dizem. ‘Eu não quero ser descoberto’”.

A atriz de Titanic disse acreditar que isso afeta mais os homens, visto como a homofobia afeta a percepção de masculinidade.

“Hollywood tem que deixar de lado aquela porcaria datada de, ‘Ele pode interpretar héteros já que ele é gay?’”.

“Isso deveria ser quase ilegal”, afirmou Winslet. “Você não acreditaria como isso é difundido. E não pode ser apenas sobre a questão de atores gays interpretando papéis gays. Porque os atores, em alguns casos, estão optando por não se assumir por motivos pessoais. E não é da conta de ninguém. Talvez privacidade, talvez condicionamento e vergonha”.

Titanic está disponível em plataformas digitais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio