Conheça a história de quando Pelé deixou Stallone quebrado

Astro de Hollywood e Rei do Futebol contracenaram em Fuga Para a Vitória

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com uma carreira de quase 50 anos em Hollywood, Sylvester Stallone se tornou um dos astros de ação mais conhecidos do mundo, interpretando personagens icônicos como Rambo e Rocky.

O artista continua na ativa atualmente, investindo cada vez mais em suas franquias conceituadas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muitos fãs não sabem, mas Stallone contracenou com Pelé (sim, o Rei do Futebol) em um filme lançado no início dos anos 80.

Surpreendente, certo? Mais impressionante ainda é o fato do jogador ter quebrado um dedo do astro de Hollywood durante as gravações! Confira abaixo tudo sobre o interessante projeto das estrelas e o que aconteceu nos bastidores.

Stallone e Pelé em Hollywood

Você conhece o filme Fuga para a Vitória? Lançado em 1981, o longa foi protagonizado por Sylvester Stallone e Pelé, e contou com um grande elenco de astros americanos, alemães e franceses.

“Durante a Segunda Guerra Mundial, um grupo de Aliados prisioneiros de guerra aceita enfrentar um time de nazistas em uma partida de futebol – apenas para usar o jogo como um método de fugir da prisão”, afirma a sinopse oficial do longa.

No filme, Stallone interpreta o Capitão Robert Hatch, e Pelé vive Luis Fernandez, um cabo do exército extremamente talentoso no futebol.

E Pelé não foi o único jogador profissional de futebol a participar de Fuga para a Vitória. No elenco do longa estão diversos jogadores do time inglês Ipswich Town FC e os atletas Bobby Moore, Osvaldo Ardiles, Kazimierz Deyna, Paul Van Himst, Mike Summerbee, Hallvar Thoresen e Werner Roth.

O dedo quebrado de Stallone

Em uma entrevista realizada em 2013, Stallone contou a história de seu dedo quebrado – fratura causada por ninguém mais ninguém menos que Pelé.

“Esse foi com certeza um dos pontos baixos da minha vida. Eu levei uma verdadeira surra! Ainda tenho um dedo quebrado por tentar bloquear uma falta do Pelé. Ele estava usando chuteiras típicas da Segunda Guerra, que tinham pontas de metal, então as bola vinha com a força de um canhão!”, comentou o astro.

Mesmo conhecido como um dos pesos pesados de Hollywood, Stallone não resistiu à força atlética de Pelé.

“Ele veio para cobrar uma falta e me falou exatamente onde iria chutar. E ele acertou no lugar certo. Mas aí ele fez de novo, e a bola atravessou a rede e quebrou uma janela do lugar onde estávamos filmando. Foi aí que eu disse: ‘Você está zoando?’. Nesse momento passei a respeitá-lo mais ainda”, afirmou Stallone.

Pelé, em uma entrevista antiga, também falou sobre o filme, descrevendo-o como uma das experiências mais gratificantes de sua carreira.

“Sinto uma grande emoção quando vejo novamente essas imagens. Me seguro para não chorar, e agradeço a todos”, comentou Pelé.

Fuga para a Vitória foi lançado quatro anos após Pelé jogar a última partida profissional de sua carreira, pelo time New York Cosmos em 1977.

Ficou curioso? Confira o trailer original do longa abaixo (sem legendas).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio