Mel Gibson perdeu valor de cair o queixo em divórcio

Ex-mulher ficou com metade da fortuna do ator em 2011

Publicado em 5/20/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já pensou perder mais de R$ 2 bilhões em um divórcio? Mel Gibson sabe o que é isso.

O polêmico ator foi casado por anos com Robyn Denise Moore, uma enfermeira dentária.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O casamento aconteceu em 1980, época em que Mel Gibson ainda estava se estabelecendo como ator. O casal teve nada menos do que 7 filhos.

Eles decidiram se separar em 2006, uma época turbulenta da vida de Gibson, já que ele havia acabado de ser preso por dirigir embriagado na Califórnia.

Não pense que o divórcio foi simples. Na verdade, pode ter sido um dos mais complicados da história de Hollywood.

O complicado divórcio durou anos, sendo concluído apenas em 2011.

Valor exorbitante

Na época, Mel Gibson teve que pagar nada menos que US$ 425 milhões para a ex-mulher, de acordo com a People. Acredite ou não, hoje em dia isso equivale a mais de R$ 2 bilhões, na cotação atual do dólar.

O valor era metade da fortuna total do astro, estimada em US$ 850 milhões na época (mais de R$ 4 bilhões hoje em dia).

Você deve estar se perguntando: por que esse divórcio saiu tão caro para Mel Gibson? Acontece que o casal nunca havia estabelecido um acordo pré-nupcial, quando Gibson era apenas um ator em ascensão.

Como diretor, Mel Gibson está trabalhando em A Ressurreição, sequência de A Paixão de Cristo, que pode estrear em 2022 nos cinemas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio