Publicação de Gal Gadot, a Mulher-Maravilha, causa discussão na web

Atriz da DC se posiciona em relação ao conflito entre Israel e Palestina

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gal Gadot, a Mulher-Maravilha, posicionou-se acerca do conflito entre Israel e Palestina, que escalou recentemente na Faixa de Gaza. Esse posicionamento, no entanto, está sendo criticado pelos fãs da atriz nas redes sociais.

Em publicação no Instagram, ela demonstrou apoio às vítimas e disse estar preocupada com toda a situação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Meu coração está partido. Meu país está em guerra. Eu me preocupo com minha família, meus amigos. Eu me preocupo com meu povo. Este é um ciclo vicioso que já dura há muito tempo. Israel merece viver como uma nação livre e segura, nossos vizinhos merecem o mesmo”, disse a atriz, que é israelense.

“Oro pelas vítimas e suas famílias, oro para que essa hostilidade inimaginável termine, oro para que nossos líderes encontrem a solução para que possamos viver lado a lado em paz. Eu oro por dias melhores”, continuou Gal Gadot.

Nas redes sociais, muitos acusaram-na de ser fascista, sionista, dentre outros adjetivos, alguns muito agressivos.

Confira alguns comentários dos fãs e a publicação de Gal Gadot, abaixo.

Gal Gadot foi ameaçada em Liga da Justiça

O diretor Joss Whedon foi acusado, junto de outros executivos da Warner/ DC, de ter criado um ambiente tóxico de trabalho no set de Liga da Justiça. Gal Gadot, a Mulher-Maravilha, entrou em mais detalhes acerca de acusações que ela própria fez previamente. Os fãs, é claro, ficaram revoltados com o diretor.

Tudo começou com Ray Fisher, o Ciborgue, que falou diversas vezes sobre o comportamento supostamente “abusivo e nada profissional” do diretor no set.

Gal Gadot disse ter protestado contra alguns dos diálogos inseridos por Joss Whedon em Liga da Justiça e ele supostamente a ameaçou, dizendo que ela seria desfavorecida na edição do filme que chegou aos cinemas.

“Eu tive meus problemas com Whedon e a Warner Bros. resolveu de forma rápida”, disse Gadot (via Digital Spy).

Agora, ela falou um pouco mais sobre o assunto, em entrevista ao veículo de imprensa israelense, N12.

“Ele meio que ameaçou minha carreira e disse que se eu fizesse algo, ele tornaria minha carreira miserável e eu resolvi essa situação”, disse Gal Gadot.

No Twitter, os fãs ficaram revoltados com as declarações de Gal Gadot. Irritados com Joss Whedon, eles partiram em defesa da atriz.

Alguns apontaram que o diretor precisa ser investigado, enquanto outros ficaram indignados com a suposta postura do diretor.

Veja os tuites, abaixo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio