Atriz de Smallville é condenada a prisão em caso de seita sexual

Atriz declarou-se culpada em 2019

Publicado em 30/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Allison Mack, de Smallville, foi sentenciada a três de prisão por fazer parte do culto NXIVM, envolvido em escravidão sexual. Ela foi presa em 20 de abril de 2018 e admitiu sua culpa em 8 de abril de 2019.

Essa sentença leve se dá em razão da sua ajuda no caso contra Keith Raniere, líder do culto. Raniere foi condenado a 120 anos na prisão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A promotoria disse (via Vulture) que a atriz de Smallville merecia uma sentença “mais leniente” em razão da sua “substancial ajuda” contra o líder do culto.

“Mack forneceu informações significativas, detalhadas e altamente corroboradas que ajudaram o governo em seu processo”, disseram os promotores federais em documentos judiciais protocolados na segunda-feira. Embora Mack não tenha se manifestado contra ele, ela se reuniu com os promotores “várias vezes … e estava disponível para testemunhar no julgamento de Raniere se solicitada”, eles explicaram nos documentos do tribunal.

“Talvez o mais significativo seja que Mack forneceu ao governo uma gravação que, no julgamento, serviu como prova crucial do papel de Raniere na elaboração da cerimônia de marcar as vítimas”.

Segundo as autoridades, Allison Mack era responsável por levar “escravas” e “diretamente ou implicitamente fazer as escravas terem relações sexuais com Raniere”.

Além disso, Mack e outras pessoas envolvidas com o NXIVM faziam as “escravas” serem marcadas com um símbolo representando as iniciais de Keith Raniere.

Atriz pediu desculpas

Antes de ser sentenciada, Allison Mack emitiu um pedido de desculpas às suas vítimas.

A atriz redigiu uma carta, que foi divulgada pelo THR. Ela disse ter sido iludida pelos ensinamentos de Keith Raniere, líder do culto, e diz estar arrependida de seus feitos.

“É de suma importância para mim dizer, do fundo do meu coração, sinto muito. Eu me joguei nos ensinamentos de Keith Raniere com tudo o que tinha. Eu acreditava, de todo o coração, que sua orientação estava me levando a uma versão melhor e mais iluminada de mim mesma”, começa a carta da atriz de Smallville.

“Dediquei minha lealdade, meus recursos e, em última análise, minha vida a ele. Esse foi o maior erro e arrependimento da minha vida. Sinto muito por aqueles de vocês que trouxe para NXIVM. Lamento ter exposto vocês aos esquemas nefastos e emocionalmente abusivos de um homem pervertido. Lamento ter incentivado vocês a usarem seus recursos para participarem de algo que, no final das contas, era tão horrendo”.

“Não assumo levianamente a responsabilidade que tenho na vida daqueles que amo e sinto um grande peso de culpa por ter abusado de sua confiança, conduzindo-os por um caminho negativo”, concluiu a carta.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio