Fãs de Britney Spears querem tirar irmã da cantora de série da Netflix

Família da cantora controla a vida dela

Publicado em 29/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O movimento #freebritney continua nas redes sociais. Os fãs criaram uma petição para que a irmã de Britney Spears, Jamie Lynn Spears, seja removida da segunda temporada de sua série na Netflix, Sweet Magnolias.

Tudo começou com a audiência de tutela da cantora. Britney Spears contou sobre a horrível vida sob tutela de seu pai, que controla todas as finanças da artista.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Isso ocorreu por conta de Britney Spears ser considerada incapaz de controlar sua própria vida. Ela diz ser forçada a tomar lítio e não pode remover seu próprio DIU.

“Não apenas minha família não fez p*rra nenhuma, meu pai foi totalmente a favor”, disse Britney durante a audiência.

A cantora indicou que queria “processar a família”. Os fãs acreditam que sua irmã, Jamie Lynn Spears, faz parte da família à qual Britney se refere repetidamente no depoimento.

“Não é justo que eles estejam contando mentiras sobre mim abertamente. Até a minha família dá entrevistas para quem eles querem nas estações de notícias. Minha própria família dando entrevistas, falando sobre a situação e me fazendo sentir tão estúpida”, disse a cantora.

Petição contra irmã de Britney

Depois da audiência de tutela, os fãs de Britney Spears criaram uma petição contra Jamie Lynn. Eles querem que ela seja removida da série da Netflix.

“Jamie Lynn Spears fez parte da tutela repugnante e desumanizante de sua irmã Britney Spears”, diz a petição no Change.org.

“Aprendemos a verdade e como Jamie Lynn é tão corrupta e responsável, quanto as pessoas que colocaram sua irmã naquela tutela. Ela vive do dinheiro suado de sua irmã, sua irmã nem mesmo tem acesso ao seu próprio dinheiro, mas Jamie Lynn e o resto da família Spears têm. Remova Jamie Lynn imediatamente!!!”, continua a petição.

Até o momento da publicação desta matéria, a petição foi assinada por 5.672 pessoas. Como é o caso da maior parte dessas petições, ela não deve surtir qualquer resultado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio