Pastora muda de carreira e vira stripper por causa de Titanic

Nikole Mitchell ficou fascinada ao ver Rose tirando a roupa para Jack no clássico de James Cameron

Publicado em 12/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Titanic é uma das produções de cinema mais bem-sucedidas de todos os tempos. Marcou a vida de inúmeras pessoas, e no caso de uma em particular, também inspirou uma inusitada mudança de carreira.

Nikole Mitchell é conhecida na Internet por um motivo pouco comum. A mulher era pastora de uma grande igreja nos Estados Unidos, mas surpreendendo a todos, abandonou a profissão para se tornar uma stripper.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Hoje em dia, ela é conhecida por suas fotos sensuais em plataformas de conteúdo adulto. Curiosamente, Titanic teve muito a ver com essa mudança radical.

Grande mudança de carreira

Em uma entrevista ao podcast Till Death Us Do Pod, Mitchell explicou que sua fascinação em mostrar o corpo remete ao tempo em que ela assistiu Titanic, na juventude.

Você já deve ter adivinhado o momento que a deixou tão impactada: a cena em que Rose, interpretada por Kate Winslet, fica nua para que Jack, vivido por Leonardo DiCaprio, possa desenhá-la.

“Era como esses desejos profundos que sempre tive. Eu estava em escolas particulares cristãs super minúsculas e igrejas pequeninas – não tinha contato com esse tipo de mundo.”

“Mas algo em mim já sabia sobre isso e eu apenas pensava: ‘Mas as pessoas não querem se apresentar? Não entendo por que não o fariam.’”

“Quando a câmera passa pelo corpo nu de Kate Winslet, lembro-me de pensar: ‘Quero fazer isso quando ficar mais velha’”, contou, ao relembrar a primeira vez em que assistiu Titanic.

“Esses desejos sempre estiveram lá, mas eu não tinha ninguém para falar sobre isso porque rapidamente aprendi que esse não é o tipo de conversa que você tem dentro da igreja, infelizmente.”

Titanic estreou em 1997 (mas só chegou ao Brasil no começo de 1998), fazendo grande sucesso com crítica e bilheteria.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio