A transformação de Scarlett Johansson dos 9 aos 36 anos

Intérprete da Viúva Negra começou sua carreira em Hollywood ainda na infância

Publicado em 5/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Scarlett Johansson mudou muito do início de sua carreira nos cinemas à atualidade. Hoje em dia, a atriz tem 36 anos. As mudanças aconteceram tanto na carreira da atriz, com grandes projetos em Hollywood, quanto em sua vida pessoal.

Após começar sua carreira profissional aos 9 anos de idade, Johansson capturou a atenção de fãs e críticos com papéis em sucessos como Encontros e Desencontros, Diários de uma Babá, Ela, e, é claro, como a Viúva Negra nos filmes da Marvel.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O sucesso de Scarlett Johansson tornou a estrela a atriz mais bem paga de 2018 e 2019. Por suas performances, a artista também recebeu diversos prêmios.

Com mais de 70 créditos em sua filmografia, e uma personalidade bastante ousada, é difícil imaginar Johansson longe da indústria do entretenimento.

No entanto, a atriz precisou superar alguns problemas na infância e trabalhar duro para garantir sua posição atual. O site Nicki Swift mostrou toda a transformação da atriz; confira abaixo!

Infância humilde

De acordo com o site Brittanica, Scarlett Johansson nasceu em Manhattan, Nova York, em 22 de novembro de 1984. A estrela tem um irmão gêmeo chamado Hunter, e mais dois irmãos mais velhos.

Embora Johansson e o irmão gêmeo tenham encontrado sucesso em suas respectivas carreiras, nem tudo eram flores na infância da dupla. A atriz revelou em 2013, que passou a infância em “um desenvolvimento habitacional para famílias de classe média”.

Aos 9 anos, a estrela participou do programa de Conan O’Brien, e pôde mostrar todo o seu talento como atriz em uma competição falsa de soletração.

Início da carreira de Scarlett Johansson

O primeiro papel de Scarlett Johansson no cinema foi o de Laura Nelson no filme O Anjo da Guarda, lançado em 1994. Na época, a atriz tinha apenas 9 anos.

No filme, Johansson teve a oportunidade de contracenar com astros como Elijah Wood (O Senhor dos Anéis), Jon Lovitz (Tá Todo Mundo Louco), Kathy Bates (American Horror Story) e a cantora country Reba McEntire.

Infelizmente, o filme foi detonado pela crítica especializada. O Anjo da Guarda chegou a ser chamado de “um dos piores filmes de todos os tempos”, e faturou apenas 12 milhões de dólares nas bilheterias, com um custo de produção de 40 milhões.

Performance elogiada

Embora O Anjo da Guarda não tenha se estabelecido como um grande sucesso, o filme foi essencial para abrir as portas de diversas outras oportunidades para Scarlett Johansson.

A atriz solidificou seu lugar em Hollywood com o filme O Encantador de Cavalos, lançado em 1998. A performance da jovem Scarlett no longa dramático foi bastante elogiada pela crítica especializada.

A carreira da atriz continuou em ascensão, e aos 14 anos, Scarlett Johansson foi indicada ao seu primeiro prêmio. A atriz recebeu uma indicação ao Independent Spirit Awards por sua performance no filme Manny & Lo, de 1997.

Momentos difíceis

Um ano depois de ser indicada ao Independent Spirit Awards, Scarlett Johansson passou por um momento complicado em sua vida pessoal: o divórcio de seus pais.

“Na época, foi difícil entender por que eles fizeram algumas coisas. Minha mãe se mudou para a Califórnia, enquanto eu, meu pai e meu irmão gêmeo ficamos em Nova York”, contou a atriz em uma entrevista à revista Elle.

Embora tenha sido bastante doloroso para toda a família, o divórcio ajudou Johansson a se preparar para sua performance no filme História de um Casamento, pelo qual recebeu indicações aos prêmios mais importantes da indústria do entretenimento.

Sem medo de dizer o que pensa

Scarlett Johansson sempre foi uma grande defensora das mulheres, em uma indústria dominada pelos homens. Em uma entrevista ao The Hollywood Reporter em 2019, a atriz revelou que nunca concordou com a percepção do público sobre sua imagem.

“Quando estava trabalhando com 20 e poucos anos, ou até mesmo no final da adolescência, me senti estereotipada em papéis super sexualizados. Na época, todo mundo achou que estava tudo bem, mesmo com isso não fazendo parte da minha própria narrativa”, comentou a atriz.

Bem casada

Atualmente, Scarlett Johansson é casada com o comediante Colin Jost, conhecido por sua performance como um dos apresentadores do “Weekend Uptade”, um quadro que mistura comédia e notícias, no humorístico Saturday Night Live.

O casal oficializou a união em outubro de 2020, após três anos de namoro.

“A cerimônia foi muito especial, pois tivemos a oportunidade de celebrar só com a família”, comentou Jost.

Antes de trocar alianças com o humorista, Scarlett Johansson já havia se casado duas vezes. A primeira, em 2008, com o ator Ryan Reynolds (Deadpool), e a segunda, em 2014, com o publicitário francês Romain Dauriac, com quem teve sua única filha.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio