Atriz de The Big Bang Theory é cancelada na internet

Mayim Bialik foi detonada por comentários sobre assédio, vacinas, bebês e sionismo

Publicado em 27/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mayim Bialik, conhecida por interpretar a divertida Amy em The Big Bang Theory, acabou cancelada na internet nas últimas semanas. A controvérsia começou quando Bialik foi escolhida como apresentadora oficial do game-show Jeopardy, e as redes sociais trouxeram à tona comentários polêmicos da atriz sobre temas bastante delicados.

Mike Richards, o outro apresentador da atração, também abandonou o projeto após fazer comentários preconceituosos sobre mulheres, judeus e outros grupos marginalizados em seu podcast.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fãs apontam que Mayim Bialik não é uma boa escolha para o posto de apresentadora do Jeopardy, também por suas opiniões controversas e comentários inadequados.

O site Kotaku revelou o motivo do “cancelamento” da atriz de The Big Bang Theory, além de trazer um olhar abrangente sobre todas as polêmicas de Bialik; confira abaixo.

Mayim Bialik – Cancelada pelos fãs

Um dos principais motivos da polêmica de Mayim Bialik no Jeopardy é o editorial que foi escrito pela atriz para o jornal The New York Times, no auge no movimento #MeToo. Por suas opiniões, Bialik foi acusada de culpabilizar as vítimas e justificar os crimes do infame Harvey Weinstein.

“Ainda faço escolhas complicadas, todos os dias, como uma atriz de 41 anos. E acredito que essas escolhas são sábias e seguras. Decidi que minha parte sexual fica reservada apenas para situações privadas. Procuro me vestir com modéstia. Minha política é não flertar com homens”, afirmou a atriz em seu artigo.

Mesmo afirmando também que “nada justifica o comportamento de homens abusadores”, Bialik foi muito criticada pela insensibilidade e visão preconceituosa de seus comentários.

Outra polêmica de Mayim Bialik lembrada pelos fãs de Jeopardy é a opinião da atriz sobre as vacinas. No livro “Beyond the Sling”, a atriz confirma não ter vacinado os filhos.

“Tomamos uma decisão informada de não vacinar nossos filhos. Essa é uma decisão pessoal que só pode ser feita após muito estudo. Hoje em dia, esse estudo está disponível para todos os pais que desejam saber mais sobre a saúde dos filhos, independentes de seus conhecimentos médicos”, afirma Bialik.

Em seus comentários, a atriz de The Big Bang Theory ignora o fato da vacinação ser um pacto da coletividade. Todos que podem, devem se imunizar – principalmente após a pandemia de Covid-19.

O porta-voz da atriz confirmou que Bialik está completamente vacinada contra a Covid-19, com as duas doses. Mesmo assim, médicos e profissionais da saúde não gostaram nada de ver uma negacionista como a nova apresentadora do Jeopardy.

Além disso, em 2010, Mayim Bialik fez alegações terríveis sobre os bebês que nascem por cesariana, ao invés do parto normal.

“Alguns de nós acreditam que se o bebê não consegue passar por um parto em casa, podemos deixá-lo morrer em paz. Eu não acredito nisso, mas sei que as pessoas acreditam. Se um bebê não consegue nascer em parto normal, ele não é favorecido evolutivamente”, comentou a atriz.

Finalmente, Mayim Bialik descreveu-se em 2017 como uma “orgulhosa sionista”, enquanto falava ao jornal Huffington Post sobre o massacre do povo palestino pelo estado de Israel.

A atriz também manifestou apoio para os assentamentos israelenses na região, considerados ilegais pela Organização das Nações Humanas – devido à expulsão dos palestinos pelo governo de Israel.

Até o momento, Mayim Bialik continua como apresentadora provisória do Jeopardy, mas a situação pode mudar de uma hora para a outra.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio