Com rivalidade antiga, Sylvester Stallone não trabalha com astro de Hollywood

O ator teve um sério desentendimento com um colega de profissão no set de um dos seus primeiros filmes

Publicado em 8/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Já se perguntou por que você nunca viu os atores veteranos Sylvester Stallone e Richard Gere dividindo a tela? Há algumas razões pelas quais o astro de Rocky nunca trabalhará com o ator de Uma Linda Mulher, e tudo se resume a uma antiga rivalidade.

Em 1973, no início da carreira de ambos os atores, Gere e Stallone foram definidos para aparecer no filme de 1974, Os Lordes de Flatbush. Teria sido o primeiro filme de Gere. Ele foi escalado como o protagonista Chico Tyrell, enquanto Stallone era o personagem Stanley Rosiello. Mas não deu certo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após uma briga no set, Gere foi demitido depois de apenas alguns dias de trabalho.

Antiga rivalidade

Os produtores descobriram que era mais fácil se livrar de Gere após a briga. Sylvester Stallone não era de forma alguma um ator experiente na época, mas reconheceu que era impossível trabalhar com Gere. Ele explicou a briga durante uma entrevista ao Ain’t It Cool (via The Things).

“Ele se exibia com sua jaqueta de motociclista enorme como se fosse o cavaleiro mais imponente da mesa redonda”, disse o ator de Rambo.

“Um dia, durante uma improvisação, ele me agarrou (estávamos simulando uma cena de luta) e se empolgou um pouco. Falei gentilmente para ele tomar mais cuidado, mas ele estava totalmente dentro do personagem e impossível de lidar.”

“Estávamos ensaiando em Coney Island e era hora do almoço, então decidimos fazer uma pausa, e o único lugar que estava quente era no banco de trás de um Toyota.”

“Eu estava comendo um cachorro-quente e ele entrou com metade de um frango coberto de mostarda e a gordura quase pingando da embalagem de alumínio. Eu disse: ‘Essa coisa vai pingar pra todo lado.’ Ele disse: ‘Não se preocupe com isso.’”

“Eu disse: ‘Se pingar nas minhas calças, você vai ver só.’ Ele começou a morder o frango, e um pequeno rio gorduroso de mostarda caiu na minha coxa. Eu lhe dei uma cotovelada na lateral da cabeça e basicamente o empurrei para fora do carro. O diretor teve que fazer uma escolha: um de nós teria que ir, um de nós teria que ficar.”

“Richard recebeu seus documentos de demissão e até hoje não gosta de mim”, concluiu Sylvester Stallone.

O novo filme de Sylvester Stallone, O Esquadrão Suicida, está agora em exibição nos cinemas. No longa, o astro dá voz ao Tubarão-Rei.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio