Filho de atriz de Stranger Things é atacado e fãs apoiam petição por justiça

Fãs ajudam Allyssa Brooke após garoto ter sido atacado em jogo de basquete nos Estados Unidos

Publicado em 3/9/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Allyssa Brooke, que interpreta Candice em Stranger Things, recebeu o apoio de fãs da série da Netflix. Uma petição foi lançada pela própria famosa para que uma agressão ao filho dela ganhe justiça e mude regras nas escolas e universidades dos Estados Unidos.

Em julho, Nick, o filho da atriz de Stranger Things, foi brutalmente atacado em um jogo de basquete em centro de recreação na Georgia (EUA). O garoto quebrou o queixo e também teve uma concussão, ficando hospitalizado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A petição foi criada pela atriz e também pelo marido, James Knight. O documento online pede que o Departamento de Educação crie um Código de Ética e Conduta para todas escolas e universidades do país.

Até o momento dessa publicação, quase 80 mil pessoas tinham assinado o documento. A petição tem como alvo não apenas os agressores, mas também outros estudantes presentes no momento da confusão.

Garoto foi filmado enquanto era agredido

Um vídeo com o filho da atriz sofrendo as agressões foi feito por outros estudantes. Ao fundo, pode-se ouvir risadas e piadas de quem filmava.

O documento chama atenção para isso. Quem gravou a agressão e não impediu a situação, não sofreu qualquer consequência.

A atriz de Stranger Things afirma ainda que os envolvidos no caso de Nick seguem frequentando normalmente a escola e continuam usufruindo de uma bolsa para estudantes atletas.

O objetivo da petição é alcançar 150 mil assinaturas.

Em Stranger Things, Candice é a secretária do prefeito de Hawkins. A série continua com três temporadas na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio