Funcionário de zoo de A Máfia dos Tigres morre aos 53 anos

Erik Cowie ficou conhecido por aparecer na série documental da Netflix

Publicado em 7/9/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Erik Cowie, ex-funcionário do zoo de Joe Exotic, morreu aos 53 anos em 7 de setembro. O chefe da equipe de cuidadores ficou conhecido por aparecer em A Máfia dos Tigres, da Netflix.

Além dar dar depoimento para Netflix sobre os cinco anos em que trabalhou no zoo, Erik foi fundamental para prisão de Joe Exotic. O funcionário testemunhou para justiça e disse que o então chefe dele matava tigres.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O TMZ revelou a morte de Erik Cowie. O entrevistado de A Máfia dos Tigres foi encontrado morto em Nova York (EUA).

O funcionário estava longe de Oklahoma, onde morava. O site não informa qual é a causa da morte.

Estava com problemas legais

O ex-funcionário do zoo de Joe Exotic disse na série da Netflix que “estava no fim da linha”. Até por isso, tinha aceitado trabalhar no local.

Em 2021, mesmo com a fama por A Máfia dos Tigres, Erik Cowie se envolveu em problemas com a justiça. O ex-funcionário foi preso após dirigir alterado e causar um acidente.

Em A Máfia dos Tigres, o falecido funcionário tinha dito que lutava contra o alcoolismo.

A Máfia dos Tigres segue na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio