Publicidade

Luto

Ator de Supernatural homenageia Halyna Hutchins após morte em Rust

Diretora de fotografia foi morta após arma cenográfica de Alec Baldwin falhar

Publicado por Bruno Tomé

25/10/2021 09:41

Astro de Supernatural, Jensen Ackles se pronunciou após a morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins em Rust. O ator também está no filme, que tinha Alec Baldwin como estrela.

A publicação foi feita no Instagram. No momento, as autoridades investigam para saber exatamente o que aconteceu para que Alec Baldwin, sem saber que tinha munição de verdade em um revólver, atirasse na cineasta e no diretor Joel Souza.

“Eu não sei onde começar. Foi uma tragédia de proporções épicas que ainda estamos tentando processar”, começou a contar Jensen Ackles.

Depois, o ator de Supernatural fez uma homenagem para Halyna Hutchins e a família dela.

“Na última semana, quis contar para Halyna como eu achava ela incrível. Eu disse para ela como achava incrível a maneira que ela gravava e como a equipe dela trabalhava. Verdade. Ela riu, agradeceu e me deu um abraço. Eu serei eternamente grato por esse momento. Ela tinha uma paixão que contagiava toda equipe. Ela era uma inspiração”, escreveu o astro, que seria um dos protagonistas de Rust.

Na publicação, Jensen Ackles também pediu doações para um fundo que quer ajudar o marido de Halyna Hutchins, Matthew, e o filho de nove anos deles.

Confira abaixo.

Produtora fará investigação interna em Rust

A Rust Movies Production LLC anunciou que vai conduzir uma investigação interna acerca dos problemas de segurança no set de Rust. Durante as gravações, a diretora de fotografia Halyna Hutchins foi baleada acidentalmente por arma empunhada por Alec Baldwin. Ela faleceu em seguida.

Conforme o Deadline, haverá uma investigação interna para saber como essa tragédia aconteceu. O LA Times apontou ainda que operadores de câmera estavam frustrados sobre as condições do set, incluindo reclamações sobre muitas horas de trabalho e baixo salário.

Um membro da equipe, que não foi identificado, alegou que Hutchins estava lutando por condições de trabalho mais seguras para a equipe dela.

Outra fonte também alegou que a arma cenográfica atirou acidentalmente três vezes previamente e que houve uma “séria falta de reuniões de segurança no set”.

Um membro da equipe disse (via Metro) que, na manhã de quinta-feira, a equipe de filmagem começou a arrumar seu equipamento e partir.

Alega-se que, depois que os membros da equipe foram informados de que a produção pagaria por seus quartos de hotel em Santa Fé perto da filmagem. Posteriormente, eles foram informados que teriam que fazer a viagem de 80 quilômetros de Albuquerque todos os dias.

“Estavam cortando gastos – e eles trouxeram pessoas não sindicalizadas para que pudessem continuar gravando”, disse uma fonte.

A Rust Movies Production LLC disse em um comunicado: “A segurança de nosso elenco e equipe é a principal prioridade da Rust Productions e de todos os associados à empresa”.

“Embora não tenhamos sido informados de nenhuma reclamação oficial relativa à segurança de armas ou propulsores no set, estaremos conduzindo uma investigação interna de nossos procedimentos enquanto a produção é encerrada. Continuaremos a cooperar com as autoridades de Santa Fé em sua investigação e a oferecer serviços de saúde mental ao elenco e à equipe durante este período trágico”.

A investigação das autoridades acerca da morte de Halyna Hutchins continuam.

Publicidade