Publicidade

Polícia

Ator de Breaking Bad é preso com acusação de pedofilia

Também produtor deve responder alegação de ato que teria acontecido em 2016

Publicado por Bruno Tomé

01/11/2021 18:41

Christopher Ranney, conhecido por aparecer em Breaking Bad, foi preso no dia 22 de outubro em Santa Fé (EUA). O ator e também produtor é acusado de pedofilia pelo estupro uma criança.

O caso, conforme o jornal de Albuquerque, é ainda de 2016. Porém, com a acusação feita, as autoridades decidiram prender Ranney, também conhecido como um cineasta ativo da área.

A ordem de prisão foi feita ainda em 7 de outubro, após a família levar o caso para as autoridades. Na época do crime, a vítima teria 8 anos.

Além do crime sexual, o ator de Breaking Bad ainda teria subordinado uma possível testemunha. O caso chegou à justiça após a criança decidir contar para mãe o que aconteceu.

O ator e produtor teria sido confrontado e teria dito que tudo foi um mal-entendido.

Produtor conhecido na própria comunidade

Antes da acusação, Christopher Ranney era sócio do Sol Acting Studios. Como produtor, o acusado teve créditos em The Manson Brothers Midnight Zombie Massacre, Commando e God Is a Bullet.

Enquanto isso, como ator, o acusado tem 74 créditos. A participação em Breaking Bad acontece no capítulo One Minute, de 2010, quando Ranney surge como um detetive.

O ator também apareceu em títulos como Dois Homens Contra Uma Cidade, Criminosos e Anjos e O Preço da Liberdade.

Uma primeira sessão deve acontecer no tribunal de Santa Fé no dia 2 de novembro.

Breaking Bad pode ser conferida na Netflix.

Publicidade