Publicidade

Abriu o jogo

Ator de Round 6 revela ter sofrido racismo

Na série da Netflix, Christian Lagahit interpretou o Jogador 276

Publicado por Victor Carvalho

02/11/2021 20:30

Christian Lagahit, o ator por trás do Jogador 276 de Round 6 (Squid Game), revelou ter sofrido racismo na Coreia do Sul por sua origem filipina.

Em entrevista ao Asian Boss (via Yahoo), o ator contou que, certa vez, uma mulher coreana jogou um repolho em seu rosto durante uma viagem de ônibus para uma pequena vila.

“Havia uma mulher que estava apenas olhando para mim. No início, não prestei atenção porque pensei que ela talvez estivesse olhando para os garotos, porque havia alguns garotos na minha frente.”

“Alguns minutos se passaram. Fiquei surpreso quando algo atingiu meu rosto. Ela jogou um repolho na minha cara – direto na minha cara.”

Preconceito na Coreia do Sul

Seus óculos caíram e foram quebrados com o impacto. Outra mulher no ônibus explicou a ele que quem atirou o repolho queria que ele saísse do ônibus porque ele não era coreano.

“O mais difícil é que ninguém estava prestando atenção em mim. Havia muitas pessoas dentro do ônibus. Estava lotado, mas ninguém estava lá para pelo menos me ajudar”, acrescentou o ator de Round 6 (Squid Game).

“Eu estava chorando por dentro. Para mim, não havia mais nada que eu pudesse fazer. Eu não podia reclamar, mas o que eu não entendi é que havia outras pessoas dentro daquele pequeno ônibus. Eu me senti mal por ninguém ter me ajudado.”

A mulher também passou a atacá-lo verbalmente. O ator de Round 6 (Squid Game) se lembra de ela ter dito: “Todos os estrangeiros aqui na Coreia são pessoas más!”

O ator admitiu ter ouvido histórias de preconceito e tratamento inadequado de outros estrangeiros na Coreia do Sul. Ele também disse que houve uma época em que os coreanos não queriam se sentar ao lado dele no ônibus.

Round 6 (Squid Game) está agora disponível pela Netflix.

Publicidade