Publicidade

Atualização

Johnny Depp pode ser inocentado de acusações da atriz de Aquaman

Ator de Piratas do Caribe teve casamento conturbado com Amber Heard

Publicado por Bruno Tomé

06/11/2021 10:32

Após reunir provas de que não teria agredido a ex-esposa Amber Heard, conhecida por Aquaman, Johnny Depp pode ser inocentado na justiça de acusações. Nesse caso, seriam de supostas agressões em fotos usadas pela atriz.

As imagens mostram o rosto de Amber Heard com supostos machucados. Desde a divulgação, a equipe de defesa de Johnny Depp alegou que as imagens teriam sido fabricadas pela atriz de Aquaman e amigas com maquiagem e edição.

Provas para isso seriam depoimentos de policiais dos momentos após a suposta agressão. Autoridades teriam dito que após o chamado de Amber Heard em uma noite de 2015 na mansão do casal, a atriz “não apresentava machucados”.

O Page Six afirma que pela justiça advogados de Johnny Depp conseguiram autorização para acessar o telefone e o histórico de Amber Heard. A equipe legal acredita que ali estão as provas finais para provar que as imagens foram fabricadas.

Em documentos, os advogados do ator de Piratas do Caribe voltam a dizer que as imagens foram usadas para Amber Heard conseguir uma ordem de restrição contra o ex-marido e um acordo de US$ 7 milhões.

“Senhorita Heard e as amigas fabricaram imagens usadas para conseguir uma ordem de restrição e um acordo de divórcio de US$ 7 milhões que ela falsamente disse que seriam doados para União Americana para Liberdades Civis e para o Hospital Infantil de Los Angeles”, disseram os advogados de Johnny Depp.

Anteriormente, a própria defesa de Amber Heard admitiu que grande parte do valor ainda não foi repassada para as instituições.

O documento reforça que a polícia de Los Angeles não teria visto machucados em Amber Heard após a atriz ter feito um chamado, alegando briga com Johnny Depp.

Confira abaixo uma das imagens usadas por Amber Heard em disputas legais contra o ator de Piratas do Caribe.

Disputa na justiça continua

A prova sobre as imagens pode ser decisiva para mais de uma disputa na justiça. Desde a separação do casal, em 2016, os famosos trocam acusações de violência doméstica e relacionamento tóxico.

Além das alegações contra Johnny Depp, a atriz de Aquaman escreveu um artigo ao The Washington Post citando ter passado por um relacionamento abusivo. Amber Heard não mencionou o nome do ex, mas o texto logo foi ligado ao ator.

Por um acordo feito no divórcio, de que os famosos não falariam um sobre o outro, Johnny Depp entrou com um processo de US$ 50 milhões contra a ex.

Dessa forma, as fotos podem acabar como provas para esse processo e para as primeiras alegações do conturbado divórcio de Johnny Depp e Amber Heard.

Publicidade