Publicidade

Derrota na justiça

Kevin Spacey quebra acordo de House of Cards e terá que pagar R$ 172 milhões

Carreira do ator entrou em decadência após várias acusações de assédio sexual

Publicado por Victor Carvalho

22/11/2021 17:54

Depois de uma batalha legal de dois anos, um juiz decidiu que Kevin Spacey deve pagar à produtora MRC cerca de US$ 31 milhões (algo próximo de R$ 172 milhões) por quebra de acordo devido à má conduta sexual nos bastidores de House of Cards, de acordo com o Hollywood Reporter.

Em uma recente decisão, o juiz concluiu que Kevin Spacey violou repetidamente as obrigações contratuais de fornecer serviços “de maneira profissional” e “consistente com as orientações, práticas e políticas razoáveis ​​da MRC”, incluindo políticas anti-assédio.

O juiz também apontou que a MRC teve outros danos com a conduta de Kevin Spacey, incluindo ter que interromper a sexta temporada de House of Cards, reescrevê-la e encurtá-la para cumprir o prazo de entrega.

Ator cercado de polêmicas

Kevin Spacey, que interpretou Frank Underwood em House of Cards, foi cortado da série após alegações explosivas de assédio sexual, até mesmo nos bastidores da série.

As acusações fizeram com que a MRC conduzisse uma investigação e, por fim, rescindisse seus contratos de atuação e produção.

House of Cards está disponível pela Netflix.

Publicidade