Publicidade

Triste fim

Palavras finais de Freddie Mercury para amigos são reveladas

Vocalista do Queen queria cantar até não poder mais

Publicado por Guilherme Coral

10/11/2021 12:44

O documentário Freddie Mercury: The Final Act revela mais detalhes sobre os momentos finais do vocalista do Queen, inclusive as palavras finais dele para os amigos próximos.

Anita Dobson, esposa de Brian May, guitarrista do Queen, revelou as palavras de despedida de Freddie Mercury. Ela disse que ele já estava muito magro e fraco por conta da AIDS quando interagiram pela última vez.

“Lembro que ele disse, ‘quando eu não puder cantar mais, querida, então eu vou morrer. Eu vou cair morto’”, diz Dobson no documentário.

Peter Freestone e Joe Fanelli, amigos de Freddie Mercury, também falam no documentário e revelaram os momentos finais do músico consciente.

“A única coisa que ele tomava eram analgésicos, ele foi partindo lentamente. Um dia o Joe me ligou às 5h30 e o Freddie tinha entrado em coma, nós apenas tentamos confortá-lo. Nós vimos ele se mexer um pouco e enquanto mudávamos sua camisa vimos que seu peito havia parado de se mexer”.

Membros do Queen revelam segredos dos primeiros dias com Freddie Mercury

O Queen completou 50 anos, com isso Brian May e Roger Taylor contaram um pouco da história da banda ao Newsweek, incluindo sobre os primeiros dias com Freddie Mercury.

May e Taylor se conheceram na faculdade e estavam em uma banda chamada Smile. Eles formaram o Queen em 1970 com Mercury, que na época ainda estava se aperfeiçoando como cantor.

“Amamos Freddie desde o começo”, disse May. “Ele era um personagem tão entusiasmado e tão cheio de confiança. Nós pensamos ‘Ele é um bom showman. Mas ele consegue cantar?’. Nos primeiros dias, ele se atirava e se entregava 100 por cento, mas a voz não estava desenvolvida”.

“O instrumento estava lá, mas ele não tinha aprendido aquele controle incrível, que o tornava o grande deus Freddie Mercury. Então, nós não sabíamos. Nós apenas pensamos: ‘Bem, devemos tentar. Freddie parece estar pronto para isso. Por que não vamos em frente?'”.

Taylor continuou, revelando que, na época, ainda não sabiam de todo o talento de Freddie Mercury, que provou ser um dos pontos chave do sucesso da banda.

“Não sabíamos que havia esse compositor incrível dentro dele, com esse incrível sensibilidade musical escondida”, disse Taylor. “Ele era realmente uma alegria estar por perto, uma força motriz para a banda nos primeiros dias”.

O filme Bohemian Rhapsody, sobre Freddie Mercury e o Queen, está disponível no Star+. Clique aqui para assinar o serviço de streaming.

Publicidade