Mais do que você gosta.

Publicidade

Caso sério

Ator de Homem-Aranha admite ter explorado sexualmente alunas de atuação

Ator da Marvel foi processado por ex-alunas

Publicado por Guilherme Coral

24/12/2021 11:33

O ator James Franco, conhecido por ter interpretado Harry Osborn nos filmes do Homem-Aranha com Tobey Maguire, admitiu ter se relacionado sexualmente com estudantes da escola de atuação dele. Tal ato consiste em exploração sexual, por conta da posição de poder dele na instituição.

Franco, de 43 anos, previamente fez acordo para pagar US$ 2,2 milhões, depois de ter sido processado por ter demonstrado “comportamento sexual em relação a estudantes mulheres”.

Continua depois da publicidade

Em participação no The Jess Cagle Podcast, ele disse que, quando dava aulas, ele “dormiu com estudantes e que isso foi errado”.

O ator de Homem-Aranha disse não ter criado a escola para atrair mulheres para fins sexuais. Ele disse ter permanecido quieto acerca das acusações contra ele porque: “haviam pessoas bravas comigo e eu precisava escutar”.

Processo foi aberto contra o ator

Sarah Tither-Kaplan e Toni Gaal, que tiveram aulas na escola Studio 4, desde então fechada, alegaram que James Franco “tentou criar um fluxo de jovens mulheres que eram sujeitas à exploração sexual disfarçada de educação”.

O processo foi aberto em Los Angeles, em 2019, alegando que o ator de Homem-Aranha abusou da posição dele e ainda prometeu oportunidade em filmes.

Perguntado no podcast sobre como ele poderia não ter ciência da dinâmica de poder envolvida nesses casos, o ator simplesmente respondeu: “na época eu não estava com a cabeça em ordem”.

“Acho que na época, eu pensava que se fosse consensual, então estaria tudo bem”, acrescentou James Franco.

Recentemente, Tobey Maguire e Willem Dafoe retornaram aos papéis deles da trilogia original do Homem-Aranha em Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa. James Franco não participou do filme da Marvel com a Sony.

Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa está em exibição nos cinemas.

Publicidade