Mais do que você gosta.

Publicidade

Chocante

Trenzinho da Alegria em Minas Gerais termina com Homem-Aranha enforcando criança

Animador do trenzinho saltou para atacar o jovem

Publicado por Guilherme Coral

16/12/2021 11:13

O Homem-Aranha pode ser o amigão da vizinhança, mas não em Teófilo Otoni, em Minas Gerais. Na cidade mineira, uma pessoa vestida de Homem-Aranha atacou uma criança de 12 anos no Trenzinho da Alegria.

A cena ocorreu em 12 de dezembro e foi divulgada nas redes sociais. No vídeo, podemos ver alguém vestido de Homem-Aranha discutindo com um jovem de bicicleta. Em um só golpe ele derruba a vítima.

Continua depois da publicidade

Esse momento foi gravado por alguém que estava no carro próximo ao trenzinho. Uma mulher estava no volante e é surpreendida com o golpe do Homem-Aranha.

À Polícia Militar, os tios da criança disseram que estavam dentro do trenzinho quando perceberam que o homem com a roupa do herói da Marvel estava enforcando o jovem. Eles logo foram em defesa do sobrinho.

O Homem-Aranha, por sua vez, disse que trabalhava no trenzinho e que a criança estava pegando carona na carroceria. Ele disse que o jovem foi alertado algumas vezes. Conforme o Boletim de Ocorrências, ele saltou do trem e “esbarrou” na criança.

Ele ainda disse ter sido agredido pelo tio da criança, que deu um soco na testa dele, supostamente dizendo “vou te matar”. O Homem-Aranha ficou com um hematoma na testa, conforme o documento policial.

Veja o vídeo do ocorrido, abaixo.

Empresa do trenzinho se manifestou

A empresa Tem Mineiro Diversões emitiu uma declaração, dizendo que o animador “estava executando seu trabalho, ao perceber que um jovem ciclista seguia o trenzinho pela direita, paralelamente cercando os animadores, dificultando o trabalho dos mesmos”.

“O garoto foi advertido pela segurança várias vezes, mas não atendeu a ordenação, pois tais atitudes colocava em risco os colaboradores e o próprio ciclista, assim como acompanhamos um episódio fatal desse formato recentemente na cidade de Ipatinga. Assim, no calor do embalo, o colaborador tenta advertir o garoto de forma boçal – errônea- sucedendo o incidente”, continua o comunicado.

Por enquanto, não há informação sobre qualquer uma das partes ter entrado com processo contra a outra.

Publicidade