Mais do que você gosta.

Publicidade

Trágico

Dublador original de Charlie Brown morre aos 65 anos

Peter Robbins ajudou a estabelecer o personagem nas telinhas e no cinema

Publicado por Guilherme Coral

26/01/2022 14:32

Aviso de gatilho: suicídio

Peter Robbins, o primeiro dublador de Charlie Brown nos especiais de Peanuts dos anos 1960 faleceu aos 65 anos. A família dele informou que a causa da morte foi suicídio. A notícia foi dada à Fox 5 San Diego.

Robbins é mais conhecido por ter dublado Charlie Brown nos clássicos especiais festivos A Charlie Brown Christmas, It’s The Great Pumpkin e Charlie Brown (1966).

Continua depois da publicidade

O clássico grito “aaugh” foi criado por ele e continua a ser usado até hoje nos desenhos do personagem.

Além dos especiais Charlie Brown’s All Stars! (1966), You’re in Love, Charlie Brown (1967), He’s Your Dog, Charlie Brown (1968), e It Was a Short Summer, Charlie Brown (1969), Robbins dublou o personagem no primeiro filme de Peanuts, Um Garoto Chamado Charlie Brown.

O longa-metragem marcou a última vez que ele dublou o personagem em animação. Depois disso, ele chegou a aparecer em especiais televisivos como ele próprio, incluindo na reunião nos anos 1990.

Mais sobre Peter Robbins

Outros papéis de Peter Robbins incluem as sitcoms The Donna Reed Show, The Munsters e The Farmer’s Daughter. O último trabalho dele como ator foi em um episódio de My Three Sons, em 1972.

Robbins sofria de transtorno bipolar e esquizofrenia. Em 2019 ele foi liberado da prisão após servir 80% de uma sentença de cinco anos.

Ao Fox 5 San Diego, em 2019, ele chegou a dizer que pretendia escrever um livro de memórias sobre a experiência dele atrás das grades.

“Eu saí da prisão e sou uma pessoa melhor”, disse o dublador de Charlie Brown na época. “Sou muito mais humilde e grato agora que passei por essa experiência”.

A família de Robbins fará uma cerimônia em homenagem a ele futuramente.

No Brasil, o Centro de Valorização da Vida presta apoio para prevenção contra o suicídio. Quem precisar de auxílio, pode entrar em contato pelo site ou ligar no 188.

Publicidade