Mais do que você gosta.

Publicidade

Ashley Judd escreve carta para mulheres que sofreram abuso sexual

Publicado por Pedro Vieira

28/04/2018 20:23

A atriz Ashley Judd tem sido um dos principais nomes de apoio ao movimento #MeToo, que visa ajudar mulheres que sofreram assédio em seus ambientes de trabalho. Devido a isso, ela participou de um painel dedicado ao Time’s Up durante o Tribeca Film Festival.

No evento, Judd leu uma carta que endereçou a todas as mulheres que sofreram algum tipo de abuso sexual em suas vidas pessoas e profissionais, e sobreviveram a isso.

“Podemos nos curar. Essa foi a minha experiência” começou a atriz. “Nós podemos não saber, reconhecer, como, quando ou o quê precisamos curar. Pode ser do evento como si, ou as memórias disso, e é totalmente plausível que nós nem ao menos nos lembremos do evento”.

“Nos curar é nosso direito de nascença. Não é nosso direito ser sexualmente abusadas, ou estupradas baseadas em uma construção de gênero, biologia, sexo, identidade, orientação, etnia, raça, habilidade, ou qualquer coisa do tipo. É nosso direito saber que não foi nossa culpa. Nós humanos ferimos uns aos outros, e algumas vezes ferimos nós mesmos, mas podemos tomar decisões e agir para nos sentirmos livres” disse a atriz.

Judd foi uma das primeiras mulheres a denunciar o mega produtor Harvey Weinstein, embora tenha chegado a declarar que o perdoa, pois acredita que ele precisa de ajuda (leia mais).

Publicidade