Mais do que você gosta.

Publicidade

Período difícil

Ator de Kill Bill e Cães de Aluguel é preso 1 mês após morte do filho

Michael Madsen foi preso por invasão

Publicado por Guilherme Coral

25/02/2022 12:33

Michael Madsen, conhecido pelos papéis dele em Kill Bill e Cães de Aluguel, foi preso por invasão de propriedade em Malibu, na Califórnia, em 23 de fevereiro de 2022.

O ator de 64 anos foi preso por volta de 21h (horário local) e fichado na delegacia de Lost Hills, conforme o E! News.

Continua depois da publicidade

A fiança foi estipulada em US$ 500 dólares e o ator foi liberado na manhã seguinte, por volta de 6:40h. As autoridades comentaram o caso com o E! News.

“A polícia respondeu a um chamado para o serviço. A acusação era invasão”, disse a delegacia do xerife de Los Angeles. “Foi a prisão de um cidadão e ele já foi solto.”

Representantes de Michael Madsen ainda não se pronunciaram sobre o caso, que ocorre 1 mês após o falecimento do filho dele.

O ator de Kill Bill já foi preso duas vezes antes: uma em 2012 e outra em 2019.

Filho de Michael Madsen faleceu em janeiro

Hudson Madsen, filho de Michael, faleceu em janeiro de 2022. Ele tinha 26 anos e fazia parte do exército dos EUA. Ele estava no Havaí e cometeu suicidio.

“Estamos com o coração partido e sobrecarregados de tristeza e dor pela perda de Hudson”, disse a família Madsen em comunicado ao Metro na época. “Sua memória e luz serão lembradas por todos que o conheceram e o amaram. Pedimos privacidade e respeito durante este período difícil. Obrigado”.

O ator de Cães de Aluguel chegou a comentar a morte do filho com o Los Angeles Times em janeiro. Ele disse ter ficado em “choque” por conta do falecimento.

“Ele estava feliz – minha última mensagem dele foi ‘eu te amo pai'”, disse Madsen ao veículo. Ele acrescentou: “Eu não vi nenhum sinal de depressão. É tão trágico e triste. Estou apenas tentando entender tudo, entender o que aconteceu”.

No Brasil, o Centro de Valorização da Vida presta apoio para prevenção contra o suicídio. Quem precisar de auxílio, pode entrar em contato pelo site ou ligar no 188.

Publicidade