Mais do que você gosta.

Publicidade

Treta

Bill Murray é acusado de ter “comportamento inapropriado” em set de filme

Gravações foram interrompidas

Publicado por Karol M.

21/04/2022 17:26

O filme Being Mortal teve sua produção e filmagens interrompidas segundo relatórios divulgados ontem, 20 de abril.

Até então, não havia sido divulgado o motivo exato, mas novas informações divulgadas nesta quinta-feira, 21, revelam que uma queixa foi apresentada contra o astro e comediante Bill Murray. A notícia é do Deadline.

No entanto, não foram divulgados mais detalhes sobre o que está acontecendo, exceto que foi relatado “comportamento inadequado” por parte do ator.

Bill Murray, de 71 anos, é conhecido por ter sido um dos apresentadores do Saturday Night Live, além de ter estrelado filmes como Os Caça-Fantasmas (1984) e A Crônica Francesa (2021).

O que se sabe até agora

O ator e apresentador Bill Murray foi acusado de ter “comportamento inadequado” nos sets do filme Being Mortal, e isso pausou a produção do projeto. A Searchlight, responsável pelo projeto, não quis comentar sobre esse assunto. Até onde se sabe, uma investigação já está em andamento, mas ainda não está claro o que ocorreu.

O filme é baseado no livro Being Mortal: Medicine and What Matters in the End, de Atul Gawande, e é dirigido, roteirizado, produzido e estrelado por Aziz Ansari, e conta ainda com nomes como Seth Rogen e Keke Palmer no elenco. Sabe-se que Aziz Ansari não está envolvido na denúncia.

Na carta ao elenco e à equipe, Searchlight escreveu: “No final da semana passada, fomos informados de uma reclamação e imediatamente analisamos. Depois de analisar as circunstâncias, foi decidido que a produção não pode continuar neste momento. Estamos realmente gratos a todos vocês por tudo que colocaram neste projeto.”

O texto continua: “Nossa esperança é retomar a produção e estamos trabalhando com Aziz e Youree para descobrir [o que fazer] nesse momento. A produção entrará em contato com vocês para compartilhar detalhes sobre as decisões, e informaremos assim que tivermos mais informações para compartilhar.”

Publicidade