Mais do que você gosta.

Publicidade

Julgamento continua

Médico de Johnny Depp dá detalhes chocantes sobre dedo decepado do ator

Amber Heard acusa o ex-marido de agressão

Publicado por Guilherme Coral

19/04/2022 08:29

O julgamento de Johnny Depp contra Amber Heard continua. O ator de Piratas do Caribe acusa a atriz de Aquaman, com quem foi casado, de difamação, após ela tê-lo acusado de agressão.

O ator alega que o dedo dele foi cortado após ela ter jogado uma garrafa quebrada nele, decepando o dedo médio de Depp.

‎O médico David Kipper testemunhou durante o julgamento, dizendo (via Variety) que ele foi chamado para a residência e limpou o ferimento de Depp antes de levá-lo para o pronto-socorro. Ele também disse que orientou a equipe a procurar na casa pela ponta do dedo.‎

‎Testemunhando através de um depoimento em vídeo, Kipper disse que o chef de Depp encontrou.‎

‎”Ele disse que encontrou na área da cozinha”, disse Kipper, acrescentando que havia sangue e vidro quebrado na casa.‎

‎Kipper testemunhou que Heard estava lá e ela parecia chateada. Mas o médico não percebeu que ela tinha nenhum ferimento, e ele disse que ela não procurou atendimento médico.‎

‎Debbie Lloyd, uma enfermeira que trabalhou com Kipper, disse que um gerente da casa encontrou o dedo e o levou para o pronto-socorro. Depp mais tarde fez uma cirurgia reconstrutiva para reparar o dedo.‎

Problemas com drogas foram levantados no julgamento

‎Kipper e Lloyd foram contratados para ajudar Depp a lidar com problemas de abuso de drogas.‎

‎Em depoimento ao júri na última quinta-feira (14), Kipper disse que após este incidente, ele havia discutido retirar seus cuidados porque Depp não estava seguindo os protocolos de drogas e álcool.‎

‎Em uma mensagem de texto para Lloyd, Depp disse que “nunca tinha ouvido falar de ninguém ter sido demitido por seu médico antes”, e acrescentou que ele estava “meio orgulhoso desse pequeno fato também”.‎

‎Depp mais tarde entrou em contato com o médico e prometeu que cumpriria o tratamento.‎

‎Kipper e Lloyd também testemunharam sobre um episódio de agosto de 2014, no qual viajaram para a ilha privada de Depp nas Bahamas para ajudar com uma desintoxicação. O médico e a enfermeira ficaram em Yurts na ilha.‎

O julgamento do caso de Amber Heard contra Johnny Depp continua.

Publicidade