Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros continua dominando as bilheterias norte-americanas. No seu segundo fim de semana, o longa se manteve na liderança e fez mais US$ 102 milhões – o segundo filme da história a atingir US$ 100 milhões em duas semanas consecutivas – acumulando um total de US$ 398,2 milhões nos EUA em apenas 10 dias.

Especialistas acreditam que o filme tenha fôlego para alcançar os US$ 103 milhões até o final deste domingo e passar Os Vingadores como o filme a atingir mais rápido essa marca – em 2012, o longa da Marvel fez US$ 103,05 milhões em 11 dias.

A aventura jurássica já coleciona recordes, como a maior abertura de todos os tempos (US$ 208,8 milhões), a maior estreia mundial do cinema (US$ 524,4 milhões), o primeiro filme a quebrar mais rápido a barreira de US$ 300 milhões e o maior faturamento doméstico da franquia Jurassic Park (sem ajustes de inflação) – todos os números estão atualizados. Mundialmente, Jurassic World já tem US$ 981,3 milhões.


Leia a nossa crítica de Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros

Divertida Mente estreou em segundo lugar com ótimos US$ 91 milhões, entrando para o ranking das estreias mais rentáveis da Pixar. A animação teve a segunda maior abertura da história do estúdio, ficando atrás apenas de Toy Story 3 (US$ 110,3 milhões).

Leia a nossa crítica de Divertida Mente

A Espiã que Sabia de Menos apareceu em terceiro lugar, fazendo mais US$ 10,5 milhões. A comédia de espionagem que reúne a comediante Melissa McCarthy com o diretor Paul Feig após As Bem-Armadas (os dois também vão trabalhar juntos no reboot da franquia Os Caça-Fantasmas), juntou US$ 74,4 milhões em três semanas.

Terremoto: A Falha de San Andreas caiu uma posição e ficou em quarto lugar, fazendo mais US$ 8,2 milhões. O filme-catástrofe com Dwayne Johnson tem um faturamento total de US$ 132,2 milhões nos EUA.

O filme independente Dope, sensação no Festival de Sundance, fechou o top 5 com US$ 6 milhões, uma estreia considerada decepcionante pelo seu estúdio.