Apesar de Mark Ruffalo ter afirmado recentemente que a Marvel está impedida de fazer um novo filme do Hulk pela Universal Pictures, uma reportagem da Forbes agora esclareceu os detalhes da situação.

Segundo a revista, a Universal não possui mais os direitos sobre o personagem, mas ainda controla a distribuição de um filme solo do gigante esmeralda. Caso a Marvel queira produzir um novo longa do Hulk, a Universal Pictures tem a opção de aceitar ou recusar distribuir o título nos cinemas, e não de impedir a sua produção. Ou seja, a Marvel pode SIM desenvolver um novo filme do Hulk, apenas não quer fazê-lo (pelo menos neste momento).

A Forbes aponta ainda dois motivos que levam o Marvel Studios a não querer um filme do personagem: o primeiro motivo seria as fracas bilheterias dos longas anteriores, e o segundo por que o estúdio acredita que o Hulk funciona melhor nos filmes dos Vingadores.


Por enquanto, o destino do verdão no cinema é incerto. Ele pode dar as caras em Capitão América: Guerra Civil, que reunirá todos os Vingadores novamente após Vingadores: Era de Ultron, ou retornar apenas em Vingadores: Guerra Infinita – Parte 1, que estreia em 2018.