007 Contra Spectre deve ser o último filme de James Bond sob direção de Sam Mendes (007 – Operação Skyfall). Em entrevista a BBC News, o cineasta declarou que ambos os filmes lhe exigiram “um enorme comprometimento” e que ele abandonará a franquia após o lançamento de Spectre.

“Eu não acho que possa ir por esse caminho de novo. Você tem que colocar tudo em segundo plano”, disse Mendes, acrescentando que dirigir um longa de 007 é mais uma “opção de vida do que um emprego”.

Sam Mendes afirmou ainda que “Spectre é um filme maior que Skyfall e tem mais locações”; além disso, o diretor contou que a trilha sonora do longa está finalizada.


O cineasta hesitou retornar para 007 Contra Spectre, mas acabou sendo convencido pela Sony, que esperou Mendes terminar a produção da peça A Fantástica Fábrica de Chocolate.

O novo filme de James Bond será lançado mundialmente no dia 26 de outubro, em Londres. Esta é a primeira vez na história que o filme vai abrir na mesma noite em cinemas de todo o Reino Unido e Irlanda, dando ao público a oportunidade de serem os primeiros no mundo a verem a aguardada sequência.

Após a estreia mundial, o novo 007 começará sua trajetória em territórios ao redor do mundo. O filme será lançado nos Estados Unidos em 06 de novembro, chegando ao Brasil um dia antes.

Em 007 Contra Spectre, uma enigmática mensagem do passado de James Bond (Daniel Craig) o coloca no caminho para desvendar uma sinistra organização. Enquanto “M” (Ralph Fiennes) luta contra forças políticas para manter vivo o serviço secreto, Bond combate a fraude para revelar a terrível verdade por trás da SPECTRE.

Christoph Waltz, Léa Seydoux, Naomie Harris, Ben Whishaw, Dave Bautista e Monica Bellucci completam o elenco. Sam Mendes (007 – Operação Skyfall) retorna para dirigir Spectre.