Steven DeKnight, showrunner da primeira temporada de Demolidor, revelou uma interessante informação a respeito do universo cinematográfico da Marvel durante coletiva da Netflix na Associação dos Críticos de TV dos EUA.

De acordo com o produtor, a série planejava introduzir a versão original da Enfermeira da Noite, Linda Carter, mas os planos do estúdio para a personagem no cinema forçaram os produtores de Demolidor a fazer uma nova versão da personagem, que se tornou Claire Temple (Rosario Dawson).

“O setor de cinema [da Marvel] tem planos para ela no futuro”, confirmou DeKnight (via /Film). “Essa foi a única vez que nos deparamos com um conflito [entre os universos da TV e do cinema da Marvel], então preferimos usar outro nome [para a personagem]”, explicou.


Tais declarações já abrem caminho para a aparição da Enfermeira da Noite na adaptação de HQ Doutor Estranho, já que ela desempenha um papel importante na aclamada minissérie em quadrinhos Doctor Strange: The Oath (2006).

Por enquanto, a Marvel não oficializou a informação. Outra possibilidade é de Rachel McAdams (True Detective) ficar com o papel; a própria atriz confirmou recentemente que está em negociações para um papel no filme.

Benedict Cumberbatch viverá Stephen Strange/Doutor Estranho no novo longa da Marvel. Chiwetel Ejiofor (12 Anos de Escravidão) será o Barão Mordo, um dos principais antagonistas do Doutor Estranho. Tilda Swinton fará a Ancião, mentora de Stephen Strange – nos quadrinhos, tal personagem é masculino.

Com direção de Scott Derrickson (A Entidade, O Exorcismo de Emily Rose), Doutor Estranho estreia nos cinemas em 3 de novembro de 2016.