Eli Roth, diretor/produtor de filmes de terror como O Albergue e Cabana do Inferno, está matando de mentirinha celebridades das rede sociais no snapchat. A iniciativa se trata de uma nova série de mistério, criada para promover a sua rede digital CryptTV.

Roth hospedou um grupo de 10 personalidades famosas do Vine, Twitter e Instagram – que incluem Logan Paul, Nick Bateman, Alex Burriss, Acacia Brinley, Lia Mare Johnson, Jack Baran, Simone Shepherd, Paul Jake, Josh Leyva e David Dobrik – em uma mansão. Seus telefones foram confiscados, mas antes disso os formadores de opinião convidaram seus 40 milhões de fãs para acompanhar a história, em que um a um é “morto” por um misterioso serial killer.

As “mortes” são capturadas e transmitidas via snapchat, ficando 24 horas na timeline da emissora digital, tempo que os espectadores têm para desvendar o culpado pelos assassinatos.


Veja algumas das vítimas: