O cinema francês aparece neste verão europeu com dois filmes de temática semelhante: uma viagem para deixar os problemas para trás e partir em busca de si mesmo.

O primeiro é a comédia Comme Un Avion (ainda sem título em português), do ator e diretor Bruno Podalydes (de Adeus Berthe: O Enterro da Vovó) que conta a história de Michel (o próprio Podalydes), um cinquentão que, cansado da rotina da vida na cidade grande, decide abandonar tudo para fazer uma viagem de caiaque sem destino pelos rios da França. Sua companheira, Rachelle (Sandrine Kiberlain, de Uma Juíza Sem Juízo), o apoia em sua decisão e o ajuda nos preparativos para a viagem.

O roteiro é muito simples, mas também muito eficiente, e envolve o público, que se idêntica com Michel. Os diálogos refinados somados ao momentos de humor pastelão com boa atuação do elenco coadjuvante são os destaques do filme.


Veja o trailer oficial de Comme Un Avion:

Microbe et Gasoil (também sem título em português no momento) é o mais recente trabalho do diretor e roteirista Michel Gondry (vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Original por Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças). O filme conta a história dos adolescentes Daniel, apelidado de Microbe (o estreante Ange Dargent); e Theo, apelidado de Gasoil (Theofile Baquet, de La Nouvelle Guerre des Boutons); que não se encaixam nas convenções de seus colegas de escolas e são vítimas frequentes de bullying. Um dia, decidem construir um motorhome (espécie de trailer motorizado) e viajar pelo país durante as férias. O filme evoca de uma forma poética a magia e os sonhos da adolescência.

Veja o trailer oficial de Microbe et Gasoil:

Ainda não há previsão para a exibição de ambos os filmes no Brasil.