O ator australiano Joel Edgerton (da saga Star Wars) faz sua estreia na direção no thriller psicológico The Gift (ainda sem título em português), uma co-produção entre Austrália e EUA.

O filme conta a história do casal Simon (Jason Bateman, de Juno) e Robyn (Rebecca Hall, de Vicky Cristina Barcelona), cuja vida corre exatamente como planejado. Um dia, encontram por acaso um antigo colega de escola de Simon, Gordo (o próprio Edgerton). Simon, a princípio, não o reconhece, mas Gordo acaba por se encontrar mais vezes com o casal – a maioria sem ser convidado – e envia-lhes vários presentes. Um segredo guardado há 25 anos é revelado e o equilíbrio até então reinante entre Simon e Robyn se desfacela.

Edgerton – que também é o autor do roteiro – conta como foi sua primeira experiência na direção:


“Quando eu estava diante da câmara, o meu irmão, que é um diretor, estava lá, do outro lado. Mas eu tive bons mestres e não esqueço um conselho que Ridley Scott me deu, com quem trabalhei há um ano e meio (no filme Êxodo: Deuses e Reis). Ridley disse muito simplesmente: ‘faça as coisas como quer que sejam feitas’”.

The Gift faz uma pergunta inquietante: É possível viver sem nunca ter prejudicado alguém? Apesar de ser um filme com cenas de ação e suspense, ele toca em um tema delicado: o de perdoar e esquecer ofensas e/ou agressões feitas no passado e a incapacidade de algumas pessoas de fazer isso e deixar que o ressentimento domine seu ser.

Para a atriz Rebecca Hall, o filme pode ajudar as pessoas nessa questão tão difícil:

“É menos sobre se estamos dispostos a perdoar, e mais sobre o fato de ser mais fácil perdoar a alguém que assumiu a responsabilidade pela ofensa. Como quando alguém foi injusto e nos agrediu no passado e mais tarde se tornou apenas mais subtil, disfarça melhor a agressão e o desprezo”.

O filme ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

Veja o trailer oficial de The Gift (original em inglês):