Em Batman Vs Superman: A Origem da Justiça, o coração do Homem de Aço (Henry Cavill) já tem dona: Lois Lane (Amy Adams). Mas isso não impede Cavill de opinar qual das heroínas do filme – Lois ou Mulher-Maravilha (Gal Gadot) tem sua preferência na vida real.

Questionado sobre o assunto pela Cosmopolitan, o ator se manteve dividido entre as duas: “Essa é uma discussão muito longa. Mulheres fortes não são novidade no mundo dos quadrinhos. Estou feliz por agora elas serem representadas um pouco mais no cinema e na TV. A Mulher-Maravilha tem estado por aí desde sempre, ela é uma personagem incrivelmente forte, e pode competir de igual para igual com o Superman às vezes”, disse ele.

Henry Cavill depois pontuou as qualidades de cada uma das heroínas:


“O que é melhor para um alienígena super-poderoso? Um ser humano ou uma deusa? Sim, a deusa pode fazer todas as coisas normais e não teria nenhum medo do Superman. Mas você também precisa pensar nessa questão da humanidade que Lois proporciona. Ela literalmente mantém os seus pés no chão, os pés dele na Terra. Então isso é mais um debate do que uma resposta”, concluiu, sem dar uma resposta definitiva.

“O único que pode derrotar Superman é o Superman”, diz Henry Cavill

Batman Vs Superman conta com Ben Affleck como Batman, Henry Cavill como Superman, Gal Gadot como Mulher-Maravilha, Jesse Eisenberg como Lex Luthor, Amy Adams como Lois Lane, Ray Fisher como Cyborg, Jason Momoa como Aquaman, entre outros, e serve como preparação para os eventos de Liga da Justiça, que começa a ser produzido em janeiro.

Designer revela os segredos dos uniformes dos heróis

O Homem de Aço (2013) foi o pontapé inicial para o universo da DC no cinema. Batman Vs Superman: A Origem da Justiça será o próximo filme da editora e tem estreia marcada para 24 de março de 2016. Na lista, vem depois: Esquadrão Suicida (agosto de 2016), Mulher-Maravilha (2017), Liga da Justiça: Parte 1 (2017), The Flash (2018), Aquaman (2018), Shazam (2019), Liga da Justiça: Parte 2 (2019), Cyborg (2020) e Lanterna Verde (2020).

Presidente da Warner explica os adiamentos do filme

Tudo sobre: Batman vs Superman