Em entrevista à Empire, o diretor Tim Miller falou sobre as cenas deletadas do primeiro trailer de Deadpool e prometeu a presença do mutante Cable na continuação do filme.

“O trailer da Comic-Con tinha mais coisas. Essa versão teve que ser mais curta, seja lá por qual motivo, então as coisas que retiramos eram algumas piadas que, mais uma vez, não eram necessariamente para o público em geral. Stan Lee estava no trailer da Comic-Con e também havia uma cena com o criador do Deadpool, Rob Liefeld. Esses momentos foram para os fãs que estavam na Comic-Con”, explicou.

Quanto à aparição de Cable, líder do X-Force nos quadrinhos: “Não existem muitos vilões definitivos do Deadpool, além do Cable. E se não o colocarmos em Deadpool 2, acho que seremos expulsos da cidade”, falou, acrescentando que outros mutantes como Garrison Kane e Míssil quase foram incluídos em Deadpool, mas tiveram que ser cortados por questões de orçamento.


Deadpool ganha seu primeiro cartaz após trailer

No longa-metragem, Ryan Reynolds volta ao papel do anti-herói, já vivido por ele em X-Men Origens: Wolverine. A brasileira Morena Baccarin (Copycat), T.J. Miller (Fuinha), Gina Carano (Angel Dust), Brianna Hildebrand (Negasonic Teenage Warhead), Ed Skrein (Ajax) e Andre Tricoteux (Colossus) completam o elenco.

Ryan Reynolds com e sem uniforme nas novas fotos

O roteiro foi escrito por Rhett Reese e Paul Wernick, dupla de Zumbilândia. A direção ficou a cargo de Tim Miller.

Proibido para menores de 17 anos, Deadpool estreia nos cinemas em 12 de fevereiro de 2016.