O Marvel Studios sofrerá uma grande mudança em sua estrutura de comando. Segundo o Hollywood Reporter, a companhia será integrada ao Walt Disney Studios e seu chefe criativo, Kevin Feige, passará a receber ordens de Alan Horn, CEO da Disney.

Feige antes reportava à Issac “Ike” Permutter, presidente da Marvel, e já houve relatos de vários atritos entre os dois. De acordo com uma fonte da publicação, essa decisão da Disney chega após “vários anos de frustração” entre Feige e Permutter. Jeph Loeb, chefe do setor de TV da Marvel, continuará respondendo a Permutter.

Um porta-voz da empresa descreveu a ação como “o próximo passo lógico” na história dos estúdios. A mesma estratégia foi adotada pela Disney com outras duas subdivisões, a Pixar e Lucasfilm – ambos coxistem no ecossistema da Disney mas são supervisionadas por seus determinados representantes; John Lasseter e Ed Catmull comandam a Pixar, enquanto Kathleen Kennedy cuida da Lucasfilm (produtora dos filmes de Star Wars), mas todos “respondem” a Disney.


Além de Feige, chefe do departamento criativo da Marvel, o copresidente Louis D’Esposito também passará a ter que reportar suas decisões ao Walt Disney Studios.

A Marvel é um dos braços principais do universo de filmes da Disney, produzindo hits como Vingadores: Era de Ultron e Guardiões da Galáxia nos últimos anos. Ainda não há como saber se essa mudança na cadeia de comando do estúdio impactará em suas próximas produções.

Kevin Feige
Kevin Feige