Enquanto muitos elogiam a atuação de Meryl Streep como roqueira só por cenas vistas em trailers e clipes de Ricki and the Flash: De Volta pra Casa, seu próprio produtor, Marc Platt, não acredita que o filme renderá uma nova indicação ao Oscar para a atriz.

“É um grande papel para Meryl, porque ela adora cantar. Quem de nós não gostaria de ser um roqueiro?”, disse Platt durante a pré-estreia do filme em Nova York. “Ela é uma atriz que se reinventa todo o tempo com suas personagens, mas eu não sei se esse é o tipo de filme [para se fazer campanha no Oscar]. É apenas um delicioso entretenimento”, justificou o produtor, que fez o convite para Streep estrelar o longa durante as filmagens de Caminhos da Floresta.

As primeiras críticas de Ricki and the Flash, orçado em US$ 18 milhões e rodado ao longo de seis semanas, concordam com o produtor e não acreditam que o longa tem potencial para levar Meryl Streep ao Oscar pela 20ª vez.


Veja o clipe musical de “Cold One”, com Meryl Streep

Na trama, Meryl Streep vive uma mulher que abandonou sua família na juventude para alcançar a fama no mundo artístico. Ela se torna uma roqueira, mas se cansa do sucesso e decide se aproximar dos filhos. Mamie Gummer, filha de Streep na vida real, também interpreta uma de suas filhas no longa.

Para dar vida à personagem, Streep aprendeu a tocar guitarra e fez aulas de canto. Ricki and the Flash traz números musicais que exigiram muita dedicação da atriz, recordista de indicações ao Oscar.

O drama roteirizado por Diablo Cody (Juno) tem direção de Jonathan Demme (O Silêncio dos Inocentes) – ele volta a trabalhar com Streep após Sob o Domínio do Mal (2004).

Ricki and the Flash: De Volta pra Casa estreia no Brasil dia 3 de setembro.

Ricki and the Flash De Volta pra Casa poster