50 Tons de Cinza | “Desistir do filme foi minha pior experiência profissional”, diz Charlie Hunnam

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Antes de Jamie Dornan viver Christian Grey em Cinquenta Tons de Cinza, Charlie Hunnam (Sons of Anarchy) chegou a ser escalado para o papel mas depois desistiu de estrelar o filme. Agora, quase dois anos depois, o ator abre o coração para a revista V Man e confessa que a decisão foi a mais difícil da sua carreira.

“Foi a pior experiência da minha vida profissional, a coisa mais emocionalmente destrutiva e difícil que tive que lidar, profissionalmente falando. Foi de cortar o coração”, revelou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator explica que precisou abrir mão da trilogia erótica por conta da promessa que fez ao diretor Guillermo del Toro de estrelar seu novo filme, o terror A Colina Escarlate – os dois já haviam trabalhado juntos em Círculo de Fogo.

“Eu tinha dado minha palavra ao Guillermo, um ano atrás, que eu faria esse filme com ele, então foi desafiador. Eu tenho muito, muito orgulho de mim por ser um professional e um homem que cumpre sua palavra”.

Mas Hunnam confessa que a decisão de abandonar Cinquenta Tons de Cinza não foi somente por conflitos de agenda. Quando ligou para a diretora Sam Taylor-Johnson para dar a difícil notícia, ele conta que “Nós dois choramos muito ao telefone por 20 minutos”. “Eu precisava dizer [diretamente] a ela que não ia trabalhar no filme. [Na época] Também havia várias questões pessoais acontecendo na minha vida que me deixaram emocionalmente abalado e mentalmente fraco”, explicou.

Por fim, Charlie Hunnam respondeu aos rumores de que desistiu de interpretar Christian Grey por conta das cenas de sexo e nudez – calando a boca dos críticos.

“Quando eu tinha 18 anos, eu fui penetrado e fiquei completamente pelado em rede nacional”, lembrou, fazendo referência à cena de sexo gay que protagonizou na série Queer as Folk.

Cinquenta Tons Mais Escuros, o segundo filme da franquia, será lançado em 10 de fevereiro de 2017.

Dakota Johnson e Jamie Dornan retornam como os protagonistas. James Foley (House of Cards) dirigirá o longa, substituindo Sam Taylor-Johnson, diretora do original, no comando da franquia. Niall Leonard, marido da autora E.L. James, escreveu o roteiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio