Depois de explicar o título de Alien: Paradise Lost, a continuação de Prometheus, Ridley Scott agora deu mais detalhes sobre a trama do filme em nova entrevista (via Empire).

“Anos atrás eu fiquei remoendo sobre o que Alien 2 poderia ser. Eu amadureci algumas ideias e sempre fui fascinado sobre do que essa coisa [Xenomorfo] seria feita, por quem e qual o seu propósito. E seu planeta de origem – no lado escuro da Lua – poderia se chamar Paraíso. Essa é uma palavra bem ameaçadora. Mas de certa forma é Prometheus 2. É exatamente a mesma história, só que sempre esteve nos meus planos dar esse título [Alien: Paradise Lost] para o segundo filme”, adiantou.

O cineasta também revelou que o novo Prometheus fará referências a Ripley, vivida por Sigourney Weaver na franquia Alien.


“Na verdade, Prometheus nos tira do curso de onde estamos indo agora, que é de volta ao primeiro Alien. Ainda existem conecções com Ripley, mas não vou dizer quais são”.

Quanto ao protagonista, o androide David (Michael Fassbender), Scott disse que não veremos apenas a cabeça dele durante o filme inteiro, já que ele teve “uma ideia realmente grandiosa e muita boa para ele. Vocês terão que esperar para ver”.

Por fim, questionado sobre o visual do Alien, Ridley Scott se mostrou aberto à retomar o visual original da criatura.

“Acho que preciso rever isso, seria interessante”.

Alien: Paradise Lost é desenvolvido paralelamente ao quinto filme da franquia original. No momento, o diretor Neill Blomkamp cuida de Alien 5, que deve ser rodado depois de Prometheus 2. As filmagens de Alien: Paradise Lost começam em fevereiro de 2016.

Michael Fassbender e Noomi Rapace retornam como o androide David e Elizabeth Shaw (a nova Ripley).

Ainda não há detalhes sobre o roteiro do novo Prometheus, escrito por Jack Paglen (Transcendence – A Revolução) e revisado por Michael Green (Lanterna Verde), mas Scott disse em entrevistas anteriores que o novo filme introduzirá uma nova versão do Alien.

Prometheus 2 estava prometido para 2016, mas o novo cronograma deve adiar o longa para 2017 ou 2018.

Lançado em 2012, Prometheus arrecadou US$ 403 milhões mundialmente para seu orçamento de US$ 130 milhões.