A Universal Pictures removou Círculo de Fogo 2 do seu calendário de estreias, mas em comunicado oficial, o estúdio insiste que ainda “está comprometido em fazer a sequência” do filme de monstros e robôs.

Não há nova data em vista para o filme. Ainda segundo os estúdios, eles usarão o tempo extra para assegurar que a continuação de Círculo de Fogo “tenha a experiência totalmente imersiva que a franquia merece”.

As informações confirmam os rumores que circularam nas últimas semanas sobre o adiamento – e possível cancelamento – do projeto. Em recente entrevista à Variety, o diretor Guillermo del Toro afirmou que o projeto “não está cancelado” e sim “foi adiado”.


“No momento, nós temos que apresentar um roteiro e orçamento para a Universal e Legendary, e então eles vão tomar sua decisão”, explicou o cinesta.

“O filme continua em desenvolvimento e ainda estamos trabalhando nele com Del Toro”, reforçou Jon Jashni, executivo da Legendary.

Segundo o Hollywood Reporter, a Universal estaria receosa com o projeto, já que o longa original não rendeu o esperado nas bilheterias, e em função disso a sequência de Círculo de Fogo pode ser cancelada de vez.

Pacific Rim: Maelstrom, a continuação de Círculo de Fogo, tinha estreia prevista para 7 de abril de 2017.

Círculo de Fogo 2 se passará anos depois do longa original, situada em um mundo livre dos monstros japoneses. Não foram divulgados mais detalhes sobre a trama, que ainda pretende explorar o mundo dos kaijus.

Segundo Del Toro, “Charlie Day tem um grande papel no filme, assim como Charlie Hunnam. Eu acho que todo mundo ou quase todo mundo que sobreviveu está de volta. O resto nós matamos. Nós matamos metade do elenco”.

Lançado em 2013, o primeiro filme arrecadou US$ 411 milhões para seu orçamento de US$ 190 milhões.