Meu Nome é Ray, drama que traz Elle Fanning (Malévola) como um garoto transgênero, teve sua estreia cancelada nos EUA.

Segundo o Hollywood Reporter, a Weinstein Co. retirou o filme de seu calendário de lançamentos dias após ele receber críticas mistas no Festival de Toronto. A produção deveria entrar em cartaz nesta sexta-feira (18) e ainda não tem nova data.

Fontes do site dizem que o estúdio pretende lançar Meu Nome é Ray até o final do ano, a tempo do longa se qualificar para o Oscar 2016.


No Brasil, a estreia do drama continua marcada para o dia 3 de dezembro.

Assista ao trailer de Meu Nome é Ray

A trama retrata a história de Ray (Elle Fanning), adolescente nova-iorquino que nasceu mulher e vive em crise com sua sexualidade. Naomi Watts interpreta a mãe de Ray, que criou a filha sozinha e tenta aceitar sua decisão de se transfomar em homem. Susan Sarandon faz a avó lésbica de Ray, que tem dificuldades de aceitar a transexualidade do neto.

Nikole Beckwith escreveu o roteiro. A direção ficou a cargo de Gaby Dellal.

about_ray_poster