Que Horas Ela Volta? é escolhido para representar o Brasil no Oscar

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Que Horas Ela Volta? foi escolhido pelo Ministério da Cultura para representar o Brasil na categoria de Melhor filme estrangeiro do Oscar 2016. No ano passado, Hoje Eu Quero Voltar Sozinho tentou representar o país na categoria, mas não conseguiu uma vaga entre os finalistas.

Segundo o conceituado site americano Indiewire, o longa dirigido por Anna Muylaert (Durval Discos) tem grandes chances de ser indicado ao Oscar e deve concorrer com o francês Dheepan, o mexicano Gueros, o turco Mustang e o húngaro Son of Saul na categoria.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

10 razões para assistir Que Horas Ela Volta?

Critica | Que Horas Ela Volta?

Que Horas Ela Volta? conta a história de Val (Regina Casé, de Areias Escaldantes), uma empregada doméstica vinda de Pernambuco que trabalha para uma rica família em São Paulo. Val é considerada um membro da família tendo, inclusive, criado o filho dos patrões (o estreante Michel Joelsas) como se fosse o seu próprio, mas dorme em um quartinho na parte de trás da casa. Um dia, sua filha Jéssica (a também estreante Camila Márdila), que ela deixou em Pernambuco com o avô, vem a São Paulo para prestar o vestibular na mesma época que o filho de seus empregadores. O equilíbrio reinante na família até então começa a desmoronar.

O drama estreou em 27 de agosto após uma boa carreira internacional, que inclui premiações em importantes festivais – ganhou o Prêmio do Público e o Prêmio CICAE (dado aos filmes de arte) do prestigioso Festival de Berlim e Regina Casé e Camila Márdila dividiram o Prêmio Especial do Júri pela Atuação do também prestigioso Festival de Sundance, dedicado ao cinema independente.

Veja o trailler:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio